Ver se a outra pessoa com a qual você está falando se encontra lá na esquina

Você tentando ver se eu tô lá na esquina.

Ver se a outra pessoa com a qual você está falando se encontra lá na esquina é uma situação curiosa e que diversas pessoas ao longo da história da humanidade tiveram de algumas vezes passar por ela, que é precisar, através do aviso de seu interlocutor, ir analisar se o mesmo, a despeito de estar sentado à sua frente, se encontra também ou somente lá na esquina.

O que é tal ato?Editar

O ato de ir pessoalmente ou através de outros métodos os mais diversos possíveis de comprovar a presença da pessoa ao seu lado em um ponto díspar ao atual ao qual você e a pessoa ao seu lado atualmente se encontram é basicamente... porra, mas eu já não disse nessa frase doida toda lá atrás? Tá bom, eu falei muito gentleman, vamo falar dum jeito que eu duvido que você não entenda: VAI VER SE EU TÔ LÁ NA ESQUINA! É só sair daqui do lado de onde eu tô e ir ver se de alguma forma eu me encontro naquele outro ponto lá indicado por mim pra você ir. É uma boa né? Então, vá lá ver isso pra mim, tô desconfiado que na verdade eu tô por lá...


Como executar?Editar

 
O perigo de mandar o outro ver se você tá na esquina.

Não há muitos segredos para poder ir ver se outrem ao teu redor na realidade encontra-se no fim da sua rua. Basicamente tudo o que você precisa é sair fora do ponto específico em que você se encontra e ir pra lá (eu temo que tô me repetindo né?). Essa é a forma mais comum e também a mais ensejada pelo indivíduo que te recomenda fazer esse passeiozinho de levis pra se livrar de sua presença fétida e irritante de junto dele. Alguns espertalhões utilizam-se de métodos como GPS e até mesmo ligar pelo celular ou pelo WhatsApp e assim localizar o amiguinho, pra desespero dele com a burrice enormosa de sua vítima que não entendeu o verdadeiro desejo seu.

O papo furado que contam por aíEditar

As más línguas dizem que na realidade quando uma pessoa pede a outra para que esta outra vá verificar se ela encontra-se na esquina na realidade estaria a mandando enxugar gelo, ou seja, ir pra casa do caralho, ir pro beleléu, ir foder-se, entre outros impropérios que obviamente não passam de pura fofoca, pelamor né amigo, que juízo de valor sacana esse seu, claro que seu amigo jamais iria foder com sua pessoa desse jeito, claro que não né.

Como assim você não acredita em mim? Poxa mano, é óbvio que não quero teu mal e que você acredite nas minhas boas intenções. Não acredita ainda assim? Ah, vai ver se eu tô lá na esquina, seu boiola!