ARTIGO NA DESCICLOPÉDIA KKKKKKKKKKKKKKKKKKK

Paulo Matosu, ou Matosinhu, é um youtuber brasileiro famoso por ser filho bastardo do Wendel Bezerra, escrever uma porrada de kkk nos títulos de seus vídeos e ter uma voz de veludo digna de um ASMR da Deep Web. Em todo e qualquer vídeo que lança em seu canal, com quase 400 mil inscritos, o meliante afirma que um dia será dublador, embora pareça que este dia nunca chegue e a fanbase já esteja irritada pra cacete com isso. Com seu irmão gêmeo e comparsa Matheusu, vem alcançando grande público no YouTube brasileiro, a maioria formada por pré-adolescentes obesos fedendo a Doritos e porra velha.

Matosinhu boiolagens

O paradoxo de MatosuEditar

Como já dito, o sonho de Paulo é um dia ser dublador, e inicia todos os seus vídeos afirmando isso. Para quem não sabe, um dublador é alguém que dá voz a algum personagem de filme, desenho animado ou algo parecido. Pois bem, seu conteúdo é formado por edições frenéticas e aleatórias, o que faz com que quase nunca mostre o seus rosto, e faz paródias "engraçadas" de alguns animes, principalmente Shingeki no Kyojin. Nessas paródias, ele literalmente "dubla" os personagens, com piadas cringe e bem bostas, mas que fazem sua fanbase retardada cagar de rir.

Mas, reflitamos um pouco: ele já não dubla porcamente diversos personagens em seus vídeos? Se o seu sonho é um dia ser dublador, se ele por algum acaso do destino conseguir, deixará de ser um dublador para ser um dublador??? Ou parte do trabalho de um dublador é dizer repetidamente em todo vídeo que ele um dia será dublador? Ele será dublador um dia??? Só um dia? E o resto da sua miserável vida? Ou ele só está dublando outra pessoa que diz repetidamente que será um dublador, como parte do treinamento de ser um dublador? Um dublador dizendo que um dia será dublador, mas que só está dublando um outro dublador que diz que será um dia dublador, que... AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA!!

 
Matosu sofrendo de doenças mentais. Triste situação.

HistóriaEditar

Pouco se sabe sobre o passado do dublador de quinta categoria, exceto que até hoje há uma investigação para saber se Paulo é mesmo gêmeo de Matheusu, o Levi Ackerman sergipano. Matosu tem seu canalzinho há mais de um ano e teve um crescimento de público mais fulminante que pau de adolescente quando vê um buraco. Pelo que se pode ver no seu histórico, seu conteúdo é muito voltado para animes, piadas com aperta a mãe mão, o meme forçadasso da sua namorada falando   Galliard, paga a pensão do Enzo  , a Gabi falando sou linda e outras boiolagens que seu humor lixo nos proporciona.

Com o tempo, adquiriu uma espécie de estilo shitpost super sem-graça tão cansativo quanto dançar com a irmã, com a sua voz de velha com cólicas renais para dar o último retoque do maldito pack dos infernos que é o seu conteúdo. Para se ter uma ideia do quanto isso deu certo e o quanto isso nos impressiona até hoje, os dubladores oficiais de Eren Jaeger (Lucas Almeida) e Mikasa Ackerman (Mayara Stefane), que sofrem de esquizofrenia latente e que pelo contrato têm que rir de alguma coisa aleatória que catam no recomendados do YouTube, já fizeram reacts ao conteúdo do Matosinho e, cá entre nós, aquela risada malévola do Lucas assombra milhares de fãs até hoje.

Daí pra cá, quase nada mudou. Como o canal ainda tem pouco tempo de estrada e seu conteúdo tem muito a melhorar (MUITO MESMO), Matosu segue com seu estilo engraçadão com edições doentes e voz irritante.

EstiloEditar

Como já dito, o estilo do Matosinhu análises é de um humor bem leve e bem baitola, misturado com uma análise drogada de algum anime e dublagens zoadas, que de vez em quando podem ser collabs com diversos outros canais, numa jogada mestre para surfar no hype de algum pobre coitado enganado pelo megalomaníaco de cabelo ondulado e aparelho.

Matosu é um(a) DUBLADOR(A)

…e não recebe royalties do SBT para dublar Chaves.

Confira outros que dominam a arte da "dubragi" aqui.