Heleninha Roitman

Rede-GROBO.png PLIM! PLIM! Este artigo é uma coisa da Rede Globo de Manipulação! Esta página pode estar mencionando alguma novela clichê que sua mãe gosta, algum pseudo-ator rouaneteiro ou algum comunista de boteco que se diz jornalista. Para mais coisas relacionadas ao Projaquistão, clique aqui.
Caninha2.JPG Cquote1.svg TOMA CACHAÇA, CARAI!! Cquote2.svg

Este artigo tem cheiro de porre! O autor está caído na calçada, gorfando álcool puro. Melhore este artigo e ganhará uma dose de pitú, mas se vandalizar, será obrigado a tomar Devassa quente!


Cquote1.svg TOCA UM MAMBO AÍ POXAA!! Um mambo bem caliente... Cquote2.svg
Heleninha Roitman sobre preferências musicais

Musa 51, uma boa ideia

Helena Roitman Cantanhede Meirelles Rangel Bafo-de-Bode Tedesco é artista plástica, atriz, dançarina de mambo, celebridade, patricinha velha, ativista política e alcoólatra de vocação. Mãe de um filhote fresco, emo, chato e xarope que nem merece ser citado aqui.

NascimentoEditar

Filha de Piranha de Souza e de Pinguço da Silva, Heleninha é uma das trigêmeas idênticas do casal. As outras são a gostosa Nazaré Tedesco e a ricaça Carolina D'Ávila. Logo ao nascer, as trigêmeas foram dadas a famílias diferentes.

Ainda sem nome, a nenezinha parou primeiro na casa do Manoel Carlos, que lhe deu o nome Helena (dããããããããã). Ele, sem condições de criar a minipinguça, mandou a pentelha pra casa de uma prima do Gilberto Braga, a Odete Roitman, junto com uma carta que dizia que o leite tinha que ser colocado com whisky e vodka na mamadeira. A megera usou a bebezinha pra segurar um casamento, mas jogou a criação para sua irmã tosca Celina. A divina Odete fazia todo tipo de corrupção e até matou o próprio filho, colocando sempre a culpa na traste pinguça filha de uma puta.

CasamentosEditar

Marco Aurélio Cantanhede: pai de seu único filho fresco, emo, chato e xarope. Usava a embriaguez da Heleninha pra roubar a TCA e comer as empregadas no banheiro.

Ivan Meirelles: na falta do José Mayer, vai o Fagundes mesmo. Só que ela estava mais pra filha chata da Helena do que pra própria Helena.

William Dennis Carvalho: com ela, dançou o mambo caliente, caiu dura. Dizem que um dia ele bebeu, a confundiu com o Vídeo Show e a mandou sair daqui.

Orestes: um velho ex-marido da Helena de outra novela. Mas não aguentou o piti da Maria Eduarda e a choradeira da Sandrinha, e fugiu com o Bafo de Bode.

Bafo de Bode: esse casamento não durou nem uma semana. Foi trocada pela cachorra dele.

AdmiradoresEditar

Santana: professora de Geografia, graças à influência da amiga de pinga, conseguiu colocar a matéria de Educação Alcoólica no Ensino Médio e no ENEM.

Zé da Feira: dedicou um CD todinho pra musa da cachaça. Participação de Zeca Pagodinho, Ângela Rô Rô, Amy Winehouse, Lindsay Lohan e outros deuses da bebida e das drogas.

Bira Rangel: o bêbado mais chapado do Brasil e maior defensor da cultura helênica. Sua maior fantasia sexual é trepar com a Heleninha com os dois bêbados, claro.

Vanusa: cantou o Hino Nacional do jeito que a Heleninha gosta.