Mudanças entre as edições de "Absolutismo"

22 bytes adicionados ,  10h39min de 9 de novembro de 2010
m (Foram revertidas as edições de 200.96.181.13 (disc) para a última versão por Van Almeida)
Na teoria absolutismo indica poder do absoluto, sendo que se é absoluto ele tem poder, vindo sua própria característica absoluta que é a ideia de absoluto. à parte teorias linguística e sofismos, no campo político-social o termo absolutismo refere-se a um sistema de governo onde o rei tem totais poderes para qualquer coisa, ele é um semideus, sendo que alguns acreditam nessa historinha para boi dormir.
[[Imagem:Palacioversalhes f 005.jpg|thumb|right|Rei francês, esse cabelo é peruca.]]
O rei dentro do Absolutismo, não só pode tudo como tem poder para definir a economia de seu país, por isso que os portugueses viviam endividados com os ingleses, o rei comprava, mas não sabia fazer contas, o rei também podia matar quem quisesse, mas óbvio que era bom ele não se meter com a nobreza, afinal, independente do país, a corte nunca passou de um bando de cobras afim de abocanhar o trono, traições, mortes e balas perdidas sempre foi algo comum por baixo dos panos dos reinados absolutistascurotistas chupam rola do soilwork.
 
Com o estado absolutista nasceu a ideia de estado soberano sobre um território, o que para [[você]] não significa [[porra nenhuma]], mas pode-se dizer que o estado atual descende do estado absolutista em seu conceito de soberania.
1 253

edições