Mudanças entre as edições de "Cultura"

505 bytes adicionados ,  20h33min de 30 de janeiro de 2007
sem sumário de edição
m (Bot: Adicionando: pl:Kultura)
{{c|Isso non ecziste!|Padre Quevedo|{{PAGENAME}}}}
{{c|Deixe ligada a TV e boa noite!|William Bonner|{{PAGENAME}}}}
Nome de um canal de TV bancado pelo governo de [[São Paulo]] no qual se tem uma Roda Viva de políticos, programas sem graças e seriados infantilóides que são mais reprisados que [[Chaves]] e [[Chapolim]], além de umaum gentemonte ridículade gente que acha que está fazendo [[arte]] e que é sucesso de crítica. O que não deixa de ser verdade mas é negado cegamente pela Rede Globo e seus afiliados, que criaram uma pseudo-cultura semi-dominante no [[Brasil]], formada por programas idiota-burronis que infectam o cérebro das pessoas e mostram para elas que na verdade, cultura, é ter a bunda maior que a dos outros.
Nome dado também a toda e qualquer obra [[RBD|não-comercial]] que seja patrocinada pelo governo ou por algum [[empresário|mecenas]] idiota que não entenda que Cultura é uma coisa pegajosa e nojenta que começa com CU.
 
Nome dado também a toda e qualquer obra [[RBD|não-comercial]] que seja patrocinada pelo governo ou por algum [[empresário|mecenas]] idiota que não entenda que Cultura para os [[emos]] é uma coisa pegajosa e nojenta que começa com CU.
No afã de criar cargos para alegrar os burocratas, foi criado o Ministério da Cultura, que hoje em dia é ocupado pelo "cantor" [[Gilberto Gil]], um cara que se acha o novo [[Bob Marley]] apesar de ser mais burro que a [[Luciana Gimenez]].
 
No afã de criar cargos para alegrar os burocratas, foi criado o Ministério da Cultura, que hoje em dia é ocupado pelo "cantor" [[Gilberto Gil]] ex-ator da Globo e desempregado, um cara que se acha o novo [[Bob Marley]] apesar de ser mais burro que a [[Luciana Gimenez]] e usa o ministério da cultura para espalhar a pseudo-cultura semi-dominante criada pela [[Rede Globo]] e seus afiliados.
 
Para provar que a Cultura só leva o [[Brasil]] para o fundo do poço, temos gente como [[Chuck Norris]], [[Lula]], [[Fidel Castro]], [[Carla Perez]] e [[Olavo de Carvalho]].
20 437

edições