Funk búlgaro


Chalga (чалга) ou mais conhecido como funk búlgaro é um câncer anal em formato de ondas sonoras que também pode ser definido como fezes auditivas. Ao falar da tradicional música búlgara deve-se obrigatoriamente mencionar também o funk búlgaro, que, embora não seja realmente música, é o gênero musical mais popular do país.

Este tipo de música pode ser descrito como soft porn com vocal e uma música tecno horrível ao fundo. Os cantores desse estilo consistem em sua maioria por mulheres feitas mais de silicone do que carne, e gayzões que possuem mais gel de cabelo do que cabelo corporal. Ser gay é uma vantagem, ser um cigano é uma vantagem, e ser um cigano gay pode garantir a você um sucesso vitalício imediato. Enquanto para uma mulher ter seios falsos extremamente grandes é absolutamente tudo o que você precisa para se tornar uma super estrela do funk búlgaro. Em suma, o funk búlgaro é a prova definitiva do masoquismo inerente aos búlgaros tanto que essa música só pode ser consumida junto com vários quilos de álcool.

As variações mais extremas do funk búlgaro são o Turbo Folk e o Kyuchek que são respectivamente as versões búlgaras de forró e arrocha. Entretenimento para pessoas com o cérebro de um Teletubbie ou em tratamento médico para surdos clínicos.

Como reconhecer um funkeiro búlgaroEditar

 
Tedi Aleksandrova, grande estrela do funk búlgaro, vestida como puta de luxo para mais um clipe dessa desgraça.

Um funkeiro búlgaro é facilmente reconhecido por desnecessariamente usar ternos de seda avermelhados ou verde-oliva feitos na China, meias amarelas, e sapatos de tricô feitos na Grécia que custam até 3 euros o quilo. Por ser um estilo que incentiva libertinagem sexual e sua principal estrela é um travesti chamado Azis, também é muito comum ver esses funkeiros sem camisa, de shortinho, cabelo moicano pintado de rosa e barbicha pintada de loiro.

Os funkeiros búlgaros vestem jeans que são tão justos que seus pequenos pênis ficam salientes, camisas que são 10 tamanhos menores. Além disso também gostam de pentear o cabelo umas 50 vezes até que ele se assemelhe a um triângulo pontudo ou a um prédio de apartamentos, e por último mas não menos importante, esses funkeiros usam acessórios como, por exemplo, um brinco apenas na orelha esquerda, alguns colares de miçangas que encontram no chão ou roubam de moradores de rua, e sem esquecer o elemento mais importante, uma bandana na cor rosa, amarelo ou verde limão. Um hábito que esse tipo de pessoa sempre tem é tirar fotos de si mesmas pelo menos 19 vezes por dia e publicá-las em suas redes sociais.

Quanto as mulheres, uma funkeira búlgara é facilmente reconhecida pelos decotes ousados nas partes do corpo que fez alguma cirurgia plástica, ou seja, estarão sempre com os peitos do tamanho de bolas de basquete saltando para fora do decote, ou então as mais magrinhas apenas seminuas rebolando feito cadelas no cio.

Estrutura das músicasEditar

Normalmente, cada "canção" começa com uma breve introdução em turco ou cigano descrevendo brevemente as belezas de uma menina com seios grandes ou como é ruim ter uma infância com pais desconhecidos. A introdução é seguida por uma melodia eletrônica com uma letra falando de miséria, pobreza, desamparo, ódio, decepção, fome, sede, inflamação e desejo por rakia, que se estende por mais de 6-7 minutos, interrompido apenas por um som ocasional de uma garrafa/janela se quebrando, latidos de cachorro e xingamentos fluentes em búlgaro.

Quando a funkeira é uma mulher a música se torna sonoramente ainda mais insuportável porque uma única nota musical ficará se repetindo num teclado sintetizador por 5 a 7 minutos como batidas simbolizando o ato do coito que também consiste apenas de repetição. As letras são sobre bunda, peito, dar o cu, beber champanhe e coisas do tipo.

Estilos Musicais

Arrocha | Axé | Blues | Bossa Nova | Brega | Brostep | Bubblegum dance | Celtic punk | Country | Crossover thrash | Cumbia | Dance Music | Dark Psy | Deathcore | Deathstep | Disco | Dubstep | Emocore | Emogore | Eurodance | Fado | Flashback | Forró | Forró russo | Frevo | Funk | Funk búlgaro | Funk carioca | Full On | Gospel | Grindcore | Hardbass | Hardcore | Hip hop | House | Indie | Jazz | J-Rock | J-Pop | K-Pop | Kuduro | Lambada | Lambada escandinava | Lo-fi | Mallsoft | Manguebeat | Maracatu | Metal | Música celta | Música de elevador | Música clássica | Música industrial | Música pop | Música pimba | Música psicodélica | MPB | New age | Pagode | Pagode norueguês | Pagode japonês | Punk | Pop punk | Psy | Psytrance | Rap | R&B | Reggae | Reggae finlandês | Reggae nazista | Reggae penitenciário | Reggaeton | Riddim Dubstep |Rock | Samba | Salsa | Satanejo | Sertanejo | Sertanejo romântico | Sertanejo universitário | Swingueira | Tango | Techno | Tecnobrega | Trance | Trap | Vaporwave