Anarcoprimitivismo

Vw bus hippie (kombi hippie).jpg

Este artigo é hippie!!!

Ou seja, ele usa uma roupa esquisita, compete com Fidel no tamanho da barba e usa um óculos rosinha. Se você não come tofu, não curte a natureza, não liga para a filosofia de paz e amor e ignora o aviso de "não pise a grama" é melhor não ler.

Mas se estragar, a natureza vai se vingar!!

Cquote1.svg Você quis dizer: Voltar para a Idade da Pedra? Cquote2.svg
Google sobre Anarcoprimitivismo
Cquote1.png Experimente também: Anarco-Flintstonismo? Cquote2.png
Sugestão do Google para Anarcoprimitivismo

Cquote1.svg É praticamente minha filosofia de vida, mas como eu não gosto de judeus a mídia diz que sou de extrema-direita! Cquote2.svg
Varg Vikernes sobre Anarquismo verde
Cquote1.svg Eu ainda terei minha vingança seu bosta! Cquote2.svg
Fantasma do Euronymous sobre citação acima
Cquote1.svg Na União Soviética a tecnologia destrói VOCÊ! Cquote2.svg
Reversal Russa sobre Anarquismo verde
Cquote1.svg Aff!Como é que eu vou ANDAR DE TANQUE se depender desse caras?! Cquote2.svg
Paulo Kogos sobre Anarquismo verde
Cquote1.svg Imposto e industrialização é roubo!Viver no mato é legítima defesa! Cquote2.svg
Anarcoprimitivista copiando os autistas famosinhos
Cquote1.svg Bom...eu não tenho nada a ver com isso! Cquote2.svg
Eduardo Jorge sobre Anarquismo verde
Cquote1.svg Nem eu! Cquote2.svg
IBAMA sobre Anarquismo verde

Anarcoprimitivismo é uma fantasia de maconheiros seita derivada do anarquismo verde que considera o progresso tecnológico e a civilização como uma grande merda que ferrou a humanidade, e todo mundo tem que voltar a caçar,coletar frutinhas,pescar e andar pelados feito Índio (Que delícia cara!) para vivermos melhor. O livro sagrado desta espécie de culto se chama "Sociedade Industrial e o seu Futuro", também conhecido como "Manifesto Unabomber". Tendo como seu messias Theodore Kaczynski, um cara gente boa que fez umas peripécias pela terra do Tio Sam.

HistóriaEditar

 
Exemplo de herói tupiniquim da causa(clique para ampliar)

Houve vários profetas, mas o primeiro foi um tal de Henry David Thoreau nos EUA. Ele estava cansado de pagar impostos, de comer porcarias do MC Donalds,tomar Coca-Cola com ratos, ler artigos (pseudo)verídicos da Wikipédia e de ser assaltado na cidade grande. Então após assistir muito Largados e Pelados na Discovery ele teve a brilhante ideia de uma de Bear Grylls: fez uma cabana no meio do mato e resolveu brincar de índio mas sem mocinho pra lhe pegar.

 
A famosa casa do indivíduo fazendo ponta numa franquia capitalista de jogos.Ironicamente no jogo tem uma voz do interfone falando de produtos do Thoreau a venda!

Reza a lenda que comunidades quilombolas e tribos isoladas do Acre como os Akidaoânus conseguiram implantar com sucesso tal ideologia, até que um jovem indiozinho começou a vender seu artesanato para se sustentarem, o que lhe rendeu altas pisoteadas até a morte.

O messias desse culto, um maluco professor universitário conhecido pelo pseudônimo de Unabomber, que resolveu seguir os passos do Thoreau, porém esse queria literalmente explodir a sociedade, e fez umas coisinhas que o establishment não gostou. Atualmente Ted está tirando umas férias por tempo indefinido.

CríticasEditar

As maiores críticas ao movimento provém de outras vertentes dos próprios anarquistas.Os antifas, anarco-comunistas e anarco-capitalistas reclamam que não se pode acabar com a tecnologia e o dinheiro, pois caso o contrário o papai empresário/banqueiro que os sustenta não teria como manter a mamata enquanto ele protesta nas ruas ou faz vídeos reclamando de impostos e da qualidade das estradas.Anarco-feminazis reclamam que a natureza é machista,opressora e patriarcal demais, a não ser que envolvesse alguma burrice de Wicca e "culto a mãe Terra" no meio.Como dizia Gandhi: o sistema é foda parceiro Uma imagem vale mais que mil palavras, logo a galeria a seguir, copiada na cara dura da KnowYourMeme e traduzida porcamente pelo Google mostra algumas inconsistências dessa joça:

VídeosEditar

Ideias radicais ficando ainda mais radicalEditar

Bons tempos em que um Mamute sustentava uma família inteiraEditar