Wendel Bezerra

Wendel Dubragi.jpg

Wendel Bezerra é um(a) DUBLADOR(A)

…e mesmo sem nunca tê-lo visto, a voz dele(a) fez parte da sua infância.

Confira outros que dominam a arte da "dubragi" aqui.

Cquote1.svg Wendel Prostituto BatSponja Cquote2.svg
Marcelo Rezende sobre Wendel Bezerra.
Cquote1.svg Você não é tão bom assim, é um fracassado! Cquote2.svg
YouTube Poop sobre Wendel Bezerra.
Cquote1.svg MORRA SEIYA, SEU VIADINHO!!! Cquote2.svg
Wendel Bezerra sobre Seiya de Pegasus.

Oi, eu sou o Goku Wendell Bezerra
Wendell Bezerra 2.jpg
Wendel Bezerra posando para uma foto com uma amiga da PESADA
Nascimento 18 de junho de 1974
Brasil
Ocupação Dublagem, artes marciais e preparo de hambúrgueres de siri
Signo Saga de Gêmeos
Cabelo Preto com listras brancas

Wendel Bezerra (18 de junho de 1974), é um dublador brasileiro que compete com Guilherme Briggs pelo título de dublador mais querido, idolatrado, reconhecido, venerado em fóruns do Reddit e que melhor chama o C&A de Pegasus de viado *pausa pra respirar* do Brasil, por ter dublado o Deus máximo dos animes, o Noku Goku, e o Bob Esponja, que apesar da boiolice e da inconveniência, continua sendo o rei da muleta bastante querido por todos os que gostam de animações. Também dublou o virjão afegão 🇦🇫 Sargento Sousuke Sagara em Full Metal Panic? Fumoffu!, mas convenhamos, ninguém nunca ouviu falar pouca gente sabe disso, acho que nem o próprio Wendel deve se lembrar.

HistóriaEditar

 
Wendel falando (com as mãos) a frase que se tornou o seu ganha-pão.

Baseado em informações da nossa sátira autorizada (ou seja, nada confiáveis), Wendel nasceu na cidade de São Paulo, no ano de 1974. Quando criança, gostava de brincar de lutinha com os seus miguxos, porém, ele não havia conhecia o próprio poder, logo, sempre matava os amiguinhos com uma rajada de ki, um jutsu cabuloso ou um golpe de kung fu.

Percebendo que seria perigoso continuar convivendo com ele, Wendel resolveu se isolar em uma cidade quase do tamanho de Nova Iorque, chamada Tangamandápio. Como ficava muito forever alone nessa cidade, pois todos os moradores ficavam apenas dormindo o dia todo para evitar a fadiga, para não se sentir tão mal, Wendel Bezerra começou a buscar consolo na comida. Antes que me pergunte, sim, ele comia pra caceta (o que explica porque atualmente ele se parece com o Seu Barriga).

 
Após ter feito a dublagem do Goku, Wendel se tornou uma subcelebridade e começou a dar entrevistas para todo mundo.

Durante a adolescência, Wendel se cansou de viver na solidão, então fez um curso de teatro. Para isso, ele viajou para Acapulco, que é conhecida por ser a cidade mexicana com as melhores escolas do planeta Terra [carece de fontes], e ficou estudando por aproximadamente 11 anos. Completado o curso, ele já estava preparado para iniciar a carreira como ator e/ou dublador, mas como é muuuuito mais difícil ser ator, já que para executar essa profissão é necessário ser bonito para agradar as gurias retardadas, Wendel decidiu ser só dublador, mesmo.

Após ter ameaçado um diretor de estúdio com um Big Bang Kamehameha, Wendel conseguiu o seu primeiro trabalho em dublagem, que consistia em dublar uma porrada de personagens secundários (para não dizer quaternários), que aparecem em, no máximo, 1 episódio de suas respectivas séries. Como ainda era um noob na área de dublagem, ele aceitou dublar esses zé ruelas mesmo, mesmo não ganhando fama, pelo menos ele ganharia experiência e uma graninha legal (ou não).

A estratégia deu certo, tanto é que, pouco tempo após ter feito esse primeiro trabalho, Wendel começou a fazer alguns trabalhos mais interessantes, como personagens de filmes estadunidenses de porrada. Apesar de ter feito bastante sucesso com esses personagens, ele somente conseguiu atingir o auge quando finalmente dublou o Goku. Por conta dessa dublagem, Wendel Bezerra virou um dos maiores ídolos de todos os tempos entre os retardados mentais otakus, se tornando uma subcelebridade e aparecendo em tudo que é evento de anime.

Depois de ter feito sucesso absoluto com o Goku, Wendel interpretou mais de 8000 personagens extremamente importantes e quase protagonistas em seus respectivos universos, porém, ninguém nem deu muita bola, pois o que realmente importava era a dublagem do Goku.

Atualmente, Wendel continua aparecendo em diversos eventos de anime, apenas para dizer a célebre frase:   Oi! Eu sou o Goku!  .

Sua aparição em Cavaleiros do BrasilEditar

 
Desciclopédia apresenta: Wendel Bezerra de Goku em Os Cavaleiros do Braaaasiiiiiilll!!.

Depois de se tornar uma subcelebridade, Wendel criou um canal no YouTube, dizendo que cansou de dublar, com isso, o nostálgico herói da dublagem brasileira acabou sendo convocado para a Desciclopédia para ter a honra de ser membro oficial dos Cavaleiros do Brasil.

Ganhando inclusive uma saga todinha exclusivamente dele como protagonista na não tão famosa Wendel City, onde é nada mais que a cidade onde estão presentes todos os personagens que esse senhor já dublou nas terras tupiniquins. Quem quiser acompanhar a trajetória do Cavaleiro de Goku a fim de salvar o mundo dos personagens que ele próprio deu vida (com sua voz, claro) é só ler essa eletrizante aventura (que ainda está em andamento).

TrabalhosEditar

Fase da carreira que ninguém liga, também conhecida como A. G (Antes de Goku)

Fase da carreira que geral lembra, a D. G (Depois de Goku, claro)

Imagem Personagem Descrição
  Goku, o protagonista highlander de Dragon Ball Creio que nem seja necessário dizer que essa foi uma das, se não A, dublagens mais importantes na sua carreira. Dublando o protagonista imorrível de Dragon Ball, Wendel conseguiu marcar toda uma geração, que antes só estava interessada em chupar Balas Soft e homenagear atividades onanisticamente a mãe do Dexter, eternizando a célebre frase   Oi, eu sou o Goku!! Aquele que comeu o teu cu  
  Bob Esponja, personagem do desenho homônimo Todo mundo já sabia (menos o Lula Molusco, que não sabia de nada) que Wendel é o dublador do Bob Esponja, um dos personagens mais emos queridos dos desenhos estadunidenses, visto que ele tem um alto carisma [carece de fontes]. Antes que você me pergunte, e eu tenho certeza que você vai perguntar, sim, Wendel é o responsável por aquela risadinha irritante... Ele pede desculpas.
  Pain, um vilonídeo (ou pelo menos todo mundo pensava que era), de Naruto Apesar de 99% dos personagens dublados por Wendel serem mocinhos e protagonistas, ele também dublou o Pain, que era considerado um dos principais vilões do anime de cunho hentaizístico]] Naruto. Um fato interessante sobre esse personagem é que Wendel Bezerra influenciou fortemente Pain, pois, quando este estava quase morrendo, se redimiu de seus pecados e reviveu todos os mortos de Konoha no maior estilo Dragon Ball. Antes disso, ele dublou o Kidoumaru, mas ninguém se importa.
  Jackie Chan, no desenho "As Aventuras de Jackie Chan" Essa dublagem pertence ao museu Como de costume, Wendel dublou um protagonista que é especialista em meter porrada em todos os vilonídeos que encontra pela frente. Não é tanta gente que ainda se lembra desse trabalho de Wendel, já que o desenho foi pra geladeira da Globo antes da morte horrível da TV Globinho, e como o personagem anterior é muito popular, a terceira posição eterna que este ocupou em seu repertório de dublagens, já em crise graças ao personagem seguinte, foi pro beleléu.
  Sanji, em One Piece Wendel também foi o dublador de Sanji, aquele pervertido metido a cozinheiro que faz parte do anime/mangá infinito One Piece. Apesar de não ser o protagonista, Sanji também é um personagem bastante importante na estória, até porque, sem ele, nenhum pirata do Bando do Chapéu de Palha iria comer.
  Metabee do desenho Medabots Um dos personagens mais esquecidos lembrados de Wendel na década passada (ou retrasada) foi o robô Medabot Metabee, que ao lado do primeiro dublador do Trunks pirralho, que não é mais um pirralho, enfrentou uma série de batalhas para competir na liga pokémon dos Medabots.
  Buddy, nos programas culinários da TLC Ninguém sabe (nem eu sabia, só descobri porque um anônimo escreveu aqui), mas Wendel também é o dublador de Buddy Valastro, aquele aspirante a cozinheiro de Jersey que faz bolos cabulosos (até transformer pro Michael Bay e nave espacial para a NASA ele fez) nos canais pagos de culinária, ciganos, anões e obesos de um figa, como o TLC e o h&h. Faz muito sentido, os dois tem até o mesmo cabelo "vaca lambeu"...
  Gunther Nesse desenho, Wendel interpreta Gunther, o irritante adorável amigo do protagonista, que serve de alívio cômico e que um monte de gente acha que é uma menina por causa do cabelo loiro e do jeito afeminado (embora não tão afeminado quanto o Bob Esponja).
Sem
imagem disponível
Shining Armor, no desenho My Little Pony: A Amizade é Mágica Nesse desenho gay Wendel é o irmão mais velho de Twilight Sparkle, ou seja, é um zé-ninguém, já que qualquer um que assiste esse lixo desenho interessa-se apenas pelos pôneis principais. Os bronies brasileiros acharam a dublagem que ele fez bem maneira, e até o chamaram de "Goku Ponificado" (espero que o Goku não leia isso, se não ele vai... AAAAHHHH!!)

Ver tambémEditar