Images2332.jpg

Este artigo é sobre mais um daqueles trecos que viraram modinhas na internet.
E as pessoas nem sabem porque usam isso.


Cquote1.svg Você quis dizer: Viih Tube Cquote1.svg
Google sobre VTuber

Cquote1.png Experimente também: XTuber Cquote2.png
Sugestão do Google para VTuber

Cquote1.svg Isso é injusto, como um desenho pode superar uma pessoa real que está trabalhando duro? Cquote2.svg
Youtuber feminina que está perdendo seus gados para as VTubers

Cquote1.svg Prefiro as VTubers. Porque ao contrário das mulheres reais, elas tem coração Cquote2.svg
Virgem rejeitado sobre VTubers

Por incrível que pareça, há homens que só ficam excitados com garotas virtuais. As VTubers estão aí para ajuda-los, já que essa doença não tem cura.

VTuber é uma sub-categoria de YouTuber criado para satisfazer o desejo de nerds punheteiros de poderem se interagir com personagens de animes que não existem no mundo em que vivemos, consiste em uma youtuber feminina virtual, digo, feminina só na aparência já que 93% das VTubers são homens que sintetizam suas vozes para serem fofinhas e pegar seu dinheiro. Elas estão fazendo muito sucesso no Japão e não vai demorar muito para a dominação mundial. Aliás, tem que ser menina, se você ousar criar um VTuber masculino você vai ser levado para o campo de concentração do YouTube. A VTuber mais famosa pelo mundo é a Kizuna AI, pode parecer que ela manda em três canais diferentes, porém, existe toda uma equipe por trás dela, deixando de ser um trabalho prazeroso para ser algo estressante e roterizado. Como as VTubers teoricamente não existem, muitos virjõem se aproveitam dessa brecha para ouvi-la em um vídeo e em outra página estão vendo a versão rule 34 da personagem.

Tipos de VTubersEditar

  • Livezeiras: Grande parte das VTuber fazem live, a maioria são pobres e a boneca fica com um 3D fudido, bugando os olhos e boca fazendo movimentos nada anatomicamente reais, mas se tiver voz e aparência fofa ela consegue donation de otakus que estão cagando pra realidade.
  • Gamers: Outras jogam games como qualquer outro Youtuber de jogos, a diferença é que elas soltam gritinhos que faz parecer que você está vendo hentai. Os jogos geralmente são japoneses sem noção mas também jogam games mais populares.
  • Vocaloid: Agora, subindo de nível, existem VTubers com orçamento de filme que possibilitam mexer o corpo inteiro. Elas cantam, dançam e fazem coisas não muito diferente de streames que são banidas em qualquer plataforma exceto Twitch.

Companhias de VtubersEditar

Vendo o sucesso que alcançaram algumas VTubers japonesas, alguns senhores de 40 anos no Japão passaram a criar suas própria empresas, basicamente uma forma de lucrar por cima do dinheiro de superchats dos otakus virgens que doam diariamente a garotas por trás de um programa de computador. Entre algumas dessas companhias estão:

  • Hololive: Empresa fundada por YAGOO, um homem convencional japonês ou seja, um fracassado que, cansado de gastar três quintos do seu salário com action figures de garotas da Love Live, decidiu criar sua própria companhia de Idols japoneses para lucrar em cima dos fetiches da população masculina de seu país. Sendo assim, em 7 de Setembro de 2017 a Cover Corp. (empresa da qual YAGOO era dono) lançou sua primeira Idol Virtual, Tokino Sora.

Não satisfeito com apenas uma Vtuber gerando renda, YAGOO chamou mais 5 garotas para falar por trás de um programa de movimentação 3D, formando assim a 1ª Geração da Hololive e iniciando definitivamente a empresa no ramo.

  • Niisanji: Criada por Tazumi, um japonês gostoso pra caralho, olha a cara do maluco que, vendo as novas tendências que circulavam pela intenet e, principalmente, aquelas que dizem respeito às VTubers, decidiu criou a Ichikara Inc., empresa que desenvolveu seu próprio software para finalmente trazer, segundo eles, um novo tipo de experiência de entretenimento aos internautas em poucas palavras, eles querem que você dê dinheiro para eles . Com esse software, o CEO Tazumi finalmente pode chegar ao seu objetivo e finalmente pôde contratar os Livers (VTubers da Nijisanji).

Sendo assim, em Fevereiro de 2018, a Nijisanji debutou a 1ª Onda de Livers da empresa, iniciando assim a jornada da empresa no mercado. Ao longo do tempo, eles investiram pesado para contratar várias e vários VTubers e hoje representam uma gigantesca parcela no ambiente de VTubers, principalmente no Japão.

Futuro das VTubersEditar

No futuro não muito distante as VTubes deixaram de serem interpretadas por pessoas reais e passaram a ter inteligência artificial, dessa forma ela nunca vai se cansar de fazer lives e jamais vai mandar você tomar no cu enquanto você está floodando de comentários idiotas porque você não sai de casa e nunca se interagiu com mulher de verdade pra saber como é conversar com mulheres.

Tal como o feminismo está ficando cada vez mais insuportável forte, não vai demorar muito para as VTuber serem a maior atração para o público masculino, cada vez mais as mulheres estão optando por serem lésbicas, estão você pensa que nada mais justo os homens namorarem garotas virtuais e pagando mensalmente você pode casar com uma delas mas se o dinheiro acabar é divórcio, não pera, isso parece casamento real. Pois é, a vida gira a 360º, passamos por varias mudanças mas acabamos sempre no mesmo lugar.

Algumas VTubersEditar


Ayapan: Uma VTuber japonesa que está aprendendo português desapontando seus fãs.