Sexchange.gif IT'S A TRAP!!!

Este artigo pode levar-lhe para muitos lados da Força. Se você não está feliz com seu corpo ou já mandou cortar o pirulito, leia o artigo até o fim, caso contrário, cuidado com as armadilhas e não vandalize!

Frota viadão.jpg Este artigo pode lhe levar para o Lado Roxo da Força!

Este artigo é perigoso, tanto pra homem quanto pra mulher, então proteja sua retaguarda e não vandalize. Se você é fã de Cazuza, fique à vontade!


Trap é uma palavra da língua inglesa que pode ser livremente traduzida como armadilha ou cilada. Mas no caso deste artigo, refere-se a uma classe de fetiches hentai voltados à tara por... travestis.

FeticheEditar

Os japoneses e o povo do oriente em geral são todos muito parecidos, sendo muitas vezes difícil até mesmo de identificar o sexo das pessoas. Somando isso ao fato de que eles também são mestres em cosplay e ainda têm uma jeba extremamente pequena, é até compreensível o tesão japonês por traps, já que os travecos orientais realmente aparentam ser mulheres ou homens, enquanto os ocidentais parecem mais nabos zumbis do inferno.

Não deve-se confundir trap com futanari, pois embora pareça a mesma coisa, existe diferença entre ambos. Futanaris são hermafroditas, geralmente mulheres gostosas com um pau maior que o do Kid Bengala. Traps são homens ou mulheres de aparência kawaii que se vestem igual ao gênero oposto, mas não necessariamente são homossexuais estão mais para tomboys e tomgirls ou se preferir crossdresser (aham, sei...).

O teatro kabuki é um grande incentivador e fonte de inspiração para os apreciadores de trap no Japão. Já no Brasil, os fãs desta arte ainda são vistos com maus olhos e incompreendidos pelos demais. Vide o caso do Ronaldo, por exemplo.

Nas históriasEditar

 
  Vou ter de explicar tantas vezes, eu sou menino!!!  
Um trap bravo pelas pessoas o confundirem com menina

As histórias envolvendo traps geralmente estão mais voltadas para o gênero ero comedy, quando algum otário ou se apaixona por uma moça que nunca viu na vida e depois acaba descobrindo que ela na verdade é ele.

Já as traps reversas são garotas que parecem garotos e geralmente são retratadas em uma trama escolar (como a maioria dos animes) como um príncipe, uma nerd ou só uma menina que gosta de se travestir que e retratada no masculino mesmo. São conhecidas pela tara de lésbicas femininas que não aguentavam mais homens com pênis então já partiram para os de vagina, pois suas características lembram a de um garoto. Muitas vezes a garota parece ser lésbica (que, por sinal, é bem evidente) sendo uma personagem perfeita para um yuri para a alegria das fãs da Sailor Uranus.

Como em hentai não existe preconceito e todos os personagens são sempre bissexuais ou pansexuais, pouco importa o que acontece depois da descoberta, já que tudo vai sempre acabar em putaria mesmo.

GaleriaEditar