Terra Nostra

Trump sacana.gif Eu não gostar nem uma pouco de artigos sem imagem!
É melhor adicionar novas imagens, senão Donald Trump procurará armas de destruição em massa em sua casa ou matará seu ditador!
Rede-GROBO.png PLIM! PLIM! Este artigo é uma coisa da Rede Globo de Manipulação! Esta página pode estar mencionando alguma novela clichê que sua mãe gosta, algum pseudo-ator rouaneteiro ou algum comunista de boteco que se diz jornalista. Para mais coisas relacionadas ao Projaquistão, clique aqui.


Terra Nostra foi um puta novelão de sucesso das 8 exibido entre 1999 e 2000, no lugar de Suave Veneno e substituído por Laços de Família, outro puta novelão das 8. Escrito por Benedito Ruy Barbosa, com a musa Ana Paula Arósio no papel principal.

EnredoEditar

Basicamente o amor de Giuliana e Matteo, bem à la novela das 6 mesmo, e os primeiros imigrantes italianos a pisar na Ilha de Vera Cruz vindos de navio (pois na época ainda não haviam inventado o avião).

Giuliana é uma italiana que imigra com a família para o Brasil no início do século 20. Seus pais morrem no navio durante a viagem, vítimas de peste, mas não a negra, afinal a novela se passava no início do século passado, mas a moça não está sozinha. Conhece e se apaixona por Matteo, outro imigrante, que encontra em Giuliana a mulher de sua vida. Ao desembarcar no porto de Santos, os dois se separam no meio da multidão e se perdem um do outro, e aí, tudo pode acontecer...

Giuliana é recebida por Francesco Maglianno, mais um imigrante italiano que há anos vive no Brasil e tem uma situação econômica estável. Grande amigo dos pais de Giuliana, ele a protege em nome dessa amizade. Seu filho, Marco Antônio, é um bon vivant (nome chique para vagabundo) que muda seu comportamento ao se apaixonar pela moça. Mas a mulher Janete, que casou contra a vontade, despreza os italianos e faz o possível para evitar um romance entre o filho e a bella ragazza; isso mesmo: ela é a grande vilã dessa história.

Enquanto Giuliana se estabelece na mansão dos Maglianno, na Avenida Paulista, em Sampa city, Matteo é levado com outros italianos para trabalhar como colono nas plantações de café do fazendeiro Gumercindo Arranha. Com o fim da escravidão, Gumercindo ficou sem mão de obra para as lavouras e contratou imigrantes, que substituem os escravos. Casado com a "amélia" Maria do Socorro, é pai de duas filhas: a impetuosa Rosana nas Alturas e a tímida Angélica, que não vai de táxi porque na época ainda não existia.

Angélica sonha ser freira, mas é obrigada a se casar com o advogado Augusto, um rapaz que ama a política e as mulheres. Augusto mora com a esposa na fazenda e banca uma casa em São Paulo para a amante, a bela italiana Pau-Rola (ah, se ela descobre...). Ao descobrir esse relacionamento, Angélica põe um fim no caso e fica amiga de Pau-Rola. A partir daí, Angélica torna-se uma mulher forte e decidida, destacando-se na administração da fazenda de seu pai.

Já Rosana nas Alturas não resiste ao charme de Matteo e, inventando uma gravidez, obriga o rapaz a casar-se com ela, apesar de ele repudiá-la e sonhar em reencontrar Giuliana. Os dois se casam, têm um filho, mas são infelizes nessa união, pois Matteo traçou a mulher errada. Matteo abandona a mulher e parte para São Paulo no encalço do verdadeiro amor de sua vida.

Contudo, Matteo nem desconfia que Giuliana espera um filho seu e que casou-se com Marco Antônio por não ter mais esperança de encontrá-lo. Ela dá à luz um menino que, para sua infelicidade, lhe é tomado dos braços na noite do parto por Janete, que não aceita um neto italiano. Desesperada e sem o filho, Giuliana rompe com os Maglianno e sonha em reencontrar Matteo e seu bebê.

E todo aquele dramalhão que só as novelas das 8 e 9 podem nos proporcionar.

ElencoEditar

O resto, que foi citado neste artigo, só para que você se enteireEditar

  • Francesco - Raul Cortez
  • Pau-Rola - Maria Fernanda Cândida
  • Marco Antônio - Marcello Antony
  • Janete - Ângela Frieira
  • Gumercindo Arranha - O César Khoury de Amor à Vida
  • Maria do Socorro - Débora Duarte
  • Rosana nas Alturas - Carolina Castigue
  • Angélica - Pomba Duarte (ou você pensava que era mesmo a apresentadora do Angel Mix?)
  • Augusto - Gaybriel Praga Nunes

Trilha sonoraEditar

Volume 1Editar

Capa: Giuliana
Contracapa: Matteo

Foi o 1º CD de novelas a vir com as letras das músicas.

  1. Tormento D'Amore - Agnaldo Rayol e Charlotte Church, na época com apenas 13 anos (tema de abertura)
  2. O' Sole Mio - José Augusto
  3. Comme Facette Mammeta - Toquinho
  4. La Signora di Trent'anni Fà - Emílio Santiago
  5. Luna Rossa - Caetano Veloso
  6. Come Le Rose - Mafalda Minnozzi
  7. Malía - Sandy & Júnior
  8. Non ti Scordar di Me - Paulo Szot feat. David Marcondes
  9. Pô-te-porrei: Lacreme Napulitane/Vurria - Zizi Possi
  10. Funiculì Funiculà - Família Lima
  11. Santa Lucia Luntana - Jerry Adriani
  12. O' Surdato Nnamurato - Netinho
  13. Canzone Per un Sognatore - Marcus Viana
  14. Outro pô-te-porrei: Cavaleria Rusticana/Tarantella/Tosca - Marcus Viana & Transfônica Orkestra

Volume 2Editar

Capa: Maria Fernanda Cândido e Raul Cortez, em tom de sépia

  1. Nós se Amamos Noi Ci Ammiamo - Maria Fernanda Cândido e Raul Cortez (que coisa, não!?)
  2. Maria Dolores - Alexandre Flores
  3. Um Amor Puro - Djavan
  4. Sancta Maria - Andrea Bocelli con Academia Nazionale di Santa Cecilia
  5. Canzone Per Te - Roberto Carlos
  6. Você é Meu Destino - Rodrigo Faro (isso mesmo que você leu, Anônimo.)
  7. Cuore Pellegrino - Roberta Lombardi
  8. Tous Les Visages D'amour (She) - Gilbert
  9. That's Amore - Dean Martin
  10. Mamãe Bahiana - Chris Aflalo
  11. Vai se Chamar Saudade - Antônio Fagundes
  12. La Maestà il Sabià (A Majestade o Sabiá) - Roberta Miranda e Chitãozinho & Xororó
  13. Me Pede Pra Ficar - Carla Castro
  14. Espinhos no Coração - Camila Titinger
  15. Tormento D'Amore - Marcus Viana & Transfônica Orkestra

Tema de AberturaEditar

Compositores: Pedro Barezzi/Marcello Barboza/A. Scarpellini/Luiz Schiavon

Martirio
Tormento d'amore
Il delirio fa parte del cuore
Un pianto bagna la bocca
È tanta la voglia di trovarti

Dove sei la fantasia?
La nostalgia, la mania
I miei occhi turbati
Dal sole, dal vento
Il tuo viso sereno
L'incanto che mancanza mi fai

CuriosidadesEditar

  • Foi a novela que consolidou de ver a carreira de Ana Paula Arósio, por duas razões principais:
  1. No ano anterior, Arósio havia estrelado a minissérie Hilda Furacão, na qual ela se esfregava em Rodrigo Santoro, e
  2. a atriz estava super em alta também por conta de um comercial que estrelou para a Embratel, lembra?   Faz um 21!  .
  • Tamanho foi o sucesso de Terra Nostra que na época a Adria lançou uma linha de massas (macarrão, toupeira!) tudo com a marca da novela, pois havia também aquele núcleo dos cozinheiros, que eu esqueci de mencionar no começo do artigo, mas como ninguém se lembra mesmo...
  • Tamanho foi o sucesso de Terra Nostra que Benedito Ruy Barbosa, superempolgado (ou não) com os 1048576 pontos noitários que a novela dava, lançou em 2002 a continuação de Terra Nostra, Semelhança DesEsperança, mas se fodeu bonito, pois essa continuação fracassou porcamente;
  • Tamanho foi o sucesso de Terra Nostra que o saudoso Casseta e Planeta fez, como com todas as tramas das 8 à época, mais uma paródia superengraçada chamada Teta à Mostra.