Sertanojo Universiotário

(Redirecionado de Sertanejo Universitário)


Michel-telo-e-neymar-dancam-ai-se-eu-te-pego.JPG ♪ Tô tirando onda de camaro amarelo... ♫

Este artigo é sobre Sertanejo Universitário

Cuidado! Algum cantor sem talento e metido a galã
pode ser citado neste artigo.

Bernardinho nervoso jpg.jpg Please STOP the music!

Este artigo se trata de cantores, bandas ou músicas cantadas muito, mas MUITO mal.

Kidiaba.gif "Que burro! Dá zero pra ele!"

Este artigo é sobre algo ou alguém burro ou completamente imbecil.

E acredita na veracidade das lutas da WWE.

Cquote1.svg Você quis dizer: Sertanojo? Cquote1.svg
Google sobre Sertanejo universitário
Cquote1.svg Você quis dizer: Poluição Sonora? Cquote1.svg
Google sobre Sertanejo universitário
Cquote1.svg Você quis dizer: Restart Caipira? Cquote1.svg
Google sobre Sertanejo universitário
Cquote1.svg No meu tempo não tinha dessas frescuras não... Cquote2.svg
Tinoco, cantor sertanejo de verdade e macho.
Cquote1.svg Ahahahahhaha dizem que fizeram show no mundo todo, essas duplinhas de merda nunca cantaram na Antártica Cquote2.svg
Metallica sobre Sertanejo Universitário
Cquote1.svg É uma puta falta de sacanagem... Cquote2.svg
fã de sertanejo universitário
Cquote1.svg Funk carioca com sanfona e violão. Cquote2.svg
Capitao Obvio sobre Sertanejo universitário.
Cquote1.svg O sertanejo, finalmente, chegou nas capitais Cquote2.svg
Jorge & Mateus sobre Sertanejo Universitário
Cquote1.svg Tenham vergonha na cara, bando de filhos da puta, tudo criado abaixo de leite com pêra. Essa merda, porcaria, canção de puteiro, só gostosa ouve, o lado bom disso, mas não honra esses pinto, se é que tem, usando calçinha de viado, apertando tudo o saco, vão tomar no cú Cquote2.svg
Gil Brother sobre Sertanejo Universitário
Cquote1.svg Sertanejo agora pode dançar Cquote2.svg
Munhoz & Mariano sobre Sertanejo Universitário
Cquote1.svg Vem com frescura não, viadinho filho da puta, o outro é uma bicha e tú acha que é baiano pra rebolar Cquote2.svg
Dercy Gonçalves sobre comentário acima
Cquote1.svg Sou filho de deputado, vivo bêbado, ando de caminhonete e como muita periguete Cquote2.svg
Playboy do interior, típico frequentador de show de sertanejo universitário.
Cquote1.svg A coisa tá feia, a coisa ta preta. Cquote2.svg
Tião Carreiro sobre sertanejo universitário
Cquote1.svg Tchererê, le le lê, fók fók... Cquote2.svg
Você refletindo sobre a "poesia" do sertanejo universitário
Cquote1.svg Poesia que é bom... Cquote2.svg
Chitãozinho & Xororó sobre Sertanejo Universitário
Cquote1.svg Vou choraaar, desculpe mas eu vou chorar Cquote2.svg
Leandro (ou Leonardo,tanto faz) sobre sertanejo universitário.
Cquote1.svg Enquanto eles são sertanejos universitários, eu sou mestre Cquote2.svg
Luciano, irmão do Zézé di Camargo, que jura ler García Márquez, Dostoievski e Jane Austen
Cquote1.svg Hahahaha somo tudo caipira, com faculdade. Nós sim somo universitário Cquote2.svg
João Neto & Frederico sobre comentário acima
Cquote1.svg Coléééééééééégaaaaaaaa!! Cquote2.svg
alguém do Restart para Luan Santana sobre homossexualismo.
Cquote1.svg Gosta de sertanejo, e não toca nem viola, aliás não toca nada, só rebola! Cquote2.svg
Ratinho sobre Sertanejo Universitário
Cquote1.svg A gente quer ver gostosas, não esse bando de macho rebolando Cquote2.svg
Povo brasileiro sobre Sertanejo Universitário
Cquote1.svg Isso é uma merda! Única coisa boa é que já transei com umas 50 fãs do Thiago Brava quando cantei com ele Cquote2.svg
Mr Catra sobre Sertanejo Universitário
Cquote1.svg Eu transei com 200 Cquote2.svg
Gusttavo Lima sobre citação acima
Cquote1.svg Eu sou homem com H... Cquote2.svg
Ney Matogrosso se comparando com o sertanejo universiotário.
Cquote1.svg Se correr o bicho pega, se ficar o bicho come Cquote2.svg
ainda o Ney sobre a viadagem no sertanejo universitário.
Cquote1.svg Amoooooo Cquote2.svg
Guria retardada sobre Sertanejo Universitário
Cquote1.svg Virei caipira, adoro Luan Santana Cquote2.svg
Nerd sobre Sertanejo Universitário
Cquote1.svg Nem quarta série tem, e já se acham "universitários", isso é uma barbaridade Cquote2.svg
Datena sobre Sertanejo Universitário
Cquote1.svg Eu não sei até onde isso vai parar Cquote2.svg
Daniel sobre Sertanejo Universitário
Cquote1.svg I-N-V-E-J-O-S-O Cquote2.svg
Luan Santana sobre citação acima
Cquote1.svg Não é porque eu não gosto, que vou desejar algo negativo pras duplas.Pelo contrário, o que desejo, é até positivo.Só queria que todos cantores sertanejos amanhecessem mudos Cquote2.svg
Ouvinte de outro gênero Sobre Sertanejo Universitário
Cquote1.svg Alguém sentado na privada com diarréia, é mais agradável de ouvir. Cquote2.svg
Outro ouvinte sobre o gênero
Cquote1.svg Até minhas músicas tem mais maturidade! Cquote2.svg
Angélica Sobre às músicas atuais
Cquote1.svg Quando à trilha sonora de Malhação era Pop Rock, todo mundo assistia... Cquote2.svg
Marjorie Estiano Sobre o mercado fonográfico
Cquote1.svg Sim, ouço, com rádio desligado. Cquote2.svg
Kéfera aproveita bem os cinco minutos


Luan Santana, cantor emo de sertanejo (?) universiotário
Típica fã de sertanejo universiotário
Luan Santana, pego no flagra por um dedo-duro "invejoso ciumento"
Sertanejo Universitário, criatividade zero até no visual
João Bosco(o original) e Vinícius de Morais e a dupla
Bruno e Nardoni, a dupla de sertanejo universitário matadora

Sertanejo Universitário é um movimento gutural criado pelos alunos da Unibambi como forma de protesto pela discriminação sofrida durante a jihad evangélica empreendida contra a gorda sem noção gordelícia Geysi Arruda. No entanto, a merda coisa tomou proporções muito maiores e acabou se tornando o que é hoje: uma Arma de Destruição em Massa que obriga todo infeliz ser residente deste país a nem que seja paralelamente e por acaso, ouvir esta aberração sonora.

A principal bandeira do sertanejo universitário é a luta pelo direito de ser feio, brega, jacu e moralista-conservador-evangélico, do direito de promover eventuais linchamentos contra gordinhas metidas à besta, além de encher os bolsos dos empresários musicais picaretas.

OrigensEditar

Os percursores do sertanejo universitário foram dois caipiras lá dos confins do Mato Grosso do Sul que para pegar as gordelicias que estudavam nas Unipobre da capital Campo Grande, resolveram formar uma dupla sertaneja.

Algum picareta empresário percebeu que faltava uma versão caipira de jóias da música como Fresno, Cine,Nx Emo,Rebeldes, Isa TKM e afins, então resolveu batizar a música da dupla como sertanejo universitário e divulgá-los para fazer a alegria das gurias retardadas e gordas do Brasil inteiro.

Baseada na estética caubói gay de Brokeback Mountain, os primeiros cantores sertanejos que conseguiram entrar em uma faculdade viriam a se tornar os primeiros ídolos das alunas da Unibambi da vida.

CaracterísticasEditar

O nome é "sertanejo universitário", mas na verdade não tem nada de sertanejo nem de universitário. Sertanejo é matuto simples e sem frescura, bem diferente destes playboys de calça apertada e laquê no cabelo. E universitário também não pode ser, pois as letras das tais músicas parecem mais com poesia de ginásio para gurias retardadas e muitos nem sequer falam direito e/ou terminaram o Ensino Médio.

Para ser um "sertanejo universitário" você deve: escrever letras contando quantas vadias você pegou na balada, dar carteirada em todos os lugares, usar algumas gírias e expressões idiotas para se referir ao ato sexual (coisa que o também deplorável funk carioca já fazia bem antes), andar de caminhonete 4x4 sem nunca ter visto lama na vida, ter sido criado pela avó. As composições devem passar emoções com prazo de validade, para provocar aumento do consumo.

RepercussãoEditar

Atualmente,pra animarmos nossa festa,disponhamos de centenas de músicas. Quando colocam pra trocar,não parece serem centenas,à sensação que dá,é de estar ouvindo,sempre à mesma. Tão iguais,tão iguais,se por acaso gostar de uma,consequentemente gostará de todas.E se por acaso detestar alguma,acaba detestando o gênero

ComportamentoEditar

Os fãs ficam muito tempo, inflando ego de artista,o artista fica muito tempo,atendendo bajulação de fã,nisto à finalização de um projeto,acaba tendo um prazo ridículo.Daí,temos que nos conformar com porcarias lançadas assim mesmo.

O que realmente faz,tantas imitações e cópias,se popularizarem,é ausência de gosto próprio,opinião própria,personalidade própria.Onde inventam talento em grupos e duplas recém formadas,e ignoram talento de bandas e artistas veteranos.Tudo que é atual:"Trilha sonora da minha vida","É algo que me identifico","Essa mensagem tem que ser passada adiante"...Quando sai de linha:"Tenho vergonha de ter gostado disso","Seu tempo já foi","Que cafona"

O eclético,é o tal ouvinte conformado,graças à este,à popularização de tantas bandas e duplas baratas e sem preparo,intensificando toda essa farsa.Às únicas que saem ganhando,são às gravadoras,pois tem em seu alcance,grupos e duplas com baixíssimo investimento,e com altíssimo retorno.

Potencial VocalEditar

À identidade vocal dos Sertanejo Universitários se baseia em gritos, berros, gemeção e rosnados.Muitas vezes confundido, com áudio de pornografia.


Tião Carreiro, o videnteEditar

Tião Carreiro, que formava a dupla com o Pardinho e sertanejo das antigas já previa que um dia a viadagem chegaria na roça surgiria o sertanejo universitário em uma de suas músicas. A Coisa ta Feia
Tião Carreiro e Pardinho

Burro que fugiu do laço ta de baixo da roseta
Quem fugiu de canivete foi topar com baioneta
Já está no cabo da enxada quem pegava na caneta
Quem tinha mãozinha fina foi parar na picareta
Já tem doutor na pedreira dando duro na marreta
A coisa tá feia, a coisa ta preta...
Quem não for filho de Deus, tá na unha do capeta.

Criança na mamadeira, já ta fazendo careta
Até o leite das crianças virou droga na chupeta
Já está pagando o pato, até filho de proveta
Mundo velho é uma bomba, girando neste planeta
Qualquer dia a bomba estoura é só relar na espoleta
A coisa tá feia, a coisa ta preta...
Quem não for filho de Deus, tá na unha do capeta.

Quem dava caixinha alta, já esta cortando a gorjeta
Já não ganha mais esmola nem quem anda de muleta
Faz mudança na carroça quem fazia na carreta
Colírio de dedo-duro é pimenta malagueta
Sopa de caco de vidro é banquete de cagueta
A coisa tá feia, a coisa ta preta...
Quem não for filho de Deus, tá na unha do capeta.

Quem foi o rei do baralho virou trouxa na roleta
Gavião que pegava cobra, já foge de borboleta
Se o Picasso fosse vivo ia pintar tabuleta
Bezerrada de gravata que se cuide não se meta
Quem mamava no governo agora secou a teta
A coisa tá feia, a coisa ta preta...
Quem não for filho de Deus, tá na unha do capeta.

  • Segue mais uma ótima música com aspecto muito cultural

Turbinadaa
Zé Rachado e Viado

A noite bambolando, ela chega rasgando,
Não vai dar.
Eu chamei meu amigo e disse pra ele,
Essa que eu vou traçar!
Quando eu vi, eu já tava tirando seu cabaço,
E tome, tome amasso.
Meu Deus do Céu!
Nossa! Eu acho ela stop.
Nossa! Eu acho ela boa demais.
Tô doido, é o mais gostoso
Turbinada na frente e atrás.
Nossa! Eu acho ela stop.
Nossa! Eu acho ela puta demais.
Tô doido, é o mais gostoso
Turbinada na frente e atrás (ui).
Ahhhh...
Se eu pegar você e, cu!
Não quero saber de cu!
Só de bocetinha
Ahhhh...
Se eu pegar você e, cu!
Não quero saber de cu!
Só de bocetinha
Ahhhh...
Se eu pegar você e, cu!
Não quero saber de cu!
Só de bocetinha
Ahhhh...
Se eu pegar você e, cu!
Não quero saber de cu!
Só de bocetinha

E mais uma da dupla:


Sinal Disfarçado (part. Israel Novinha)
Zé Rachado e Viado

Peguei no seu cabelo você diz que sou louca
Falei no ouvidinho vou beijar na sua rola.
Você o piscou pra mim dizendo estou arregaçada
E o cara do seu lado olhando sem entender nada
Era ele virar e você me olhava pra gente masturbar
Um sinal disfarçado com o jeito travecado
Gostoso de me dar
Vai no banheiro pra gente se masturbar
Bem lá no cuzinho pra ninguém desconfiar
Cara de santa mais não me engana não
É hoje que eu te pego
E arregaço seu cuzão
Vai no banheiro pra gente se masturbar
Bem lá no cuzinho pra ninguém desconfiar
Cara de santa mais não me engana não
É hoje que eu te pego
E arregaço seu cuzão
Se eu te pego ãh
Se eu te beijo ãh
Se eu te pego ãh ãh ãh ãh ãh

  Conheça também a versão oposta de Sertanejo universitário no Mundo do Contra:

 
Estilos Musicais

Arrocha | Axé | Axé sueco | Blues | Bossa Nova | Brega | Brostep | Bubblegum dance | Celtic punk | Country | Crossover thrash | Cumbia | Dance Music | Dark Psy | Deathcore | Deathstep | Disco | Dubstep | Emocore | Emogore | Eurobeat | Eurodance | Fado | Flashback | Forró | Forró russo | Frevo | Funk | Funk carioca | Full On | Glitch Hop | Gospel | Grindcore | Hardbass | Hardcore | Hip hop | House | Indie | Jazz | J-Rock | J-Pop | K-Pop | Kizomba | Kuduro | Lambada | Lambada escandinava | Lo-fi | Mallsoft | Mambo | Mangue Beat | Maracatu | Metal | Música celta | Música de elevador | Música clássica | Música industrial | Música pop | Música pimba | Música psicodélica | Moombahton | MPB | New age | Pagode | Pagode norueguês | Pagode japonês | Punk | Pop punk | Psy | Psytrance | Rap | R&B | Reggae | Reggae finlandês | Reggae nazista | Reggae penitenciário | Riddim Dubstep |Rock | Samba | Salsa | Satanejo | Sertanejo | Sertanejo romântico | Sertanejo universitário | Swingueira | Tango | Techno | Tecnobrega | Trance | Trap | Vaporwave