Abrir menu principal

Desciclopédia β

Ray (DC Comics)

20121009225518!Os Incríveis.jpg Este artigo é um(a) super-herói(na).

O texto a seguir é sobre alguém que voa, tem poderes, salva donzelas e prende bandidos. Se vandalizar este artigo, eles te levarão à Justiça.

Para conhecer mais desses seres incríveis, clique aqui.

Juk' vs. Elpizo.gif Este artigo é elétrico!

Ele manja da arte de colocar sal em polvo cru e vai dar choque no seu sistema. Se você vandalizar, vai receber um Choque do Trovão!

Ray, puto ao descobrir que roubaram seu chip.

Cquote1.png Você quis dizer: O Raio Cquote2.png
Google sobre Ray (DC Comics)

Cquote1.png Você quis dizer: Ray Charles Cquote2.png
Google sobre Ray (DC Comics)

Ray é um super-herói de quinta categoria dos quadrinhos DC Comics. Ele era um herói da segunda guerra que espancava nazistas durante a Segunda Guerra Mundial e depois veio o seu filho que basicamente não passa de um playboyzinho de merda.

Índice

OrigemEditar

 
O Ray original, em uma de suas "incríveis" aventuras.

Certo dia, o repórter Happy Terrill (sim, o nome dele é Happy) é nomeado para cobrir o lançamento de uma gigantesca suruba que ocorreria em cima de um balão de ar quente de grande altitude. Happy entra junto para participar da suruba um passeio no balão, e uma tempestade elétrica se desenvolve enquanto o balão entra na estratosfera.

O inventor do balão percebe que o entupimento de ar exterior do balão não é corretamente lacrado e poderia conduzir a desastre, o que que isso queira dizer. Happy oferece deixar a segurança da cabine do balão e ir fora para consertar o entupimento de ar (o que na verdade era só uma deaculpa para fugir de para-quedas, mas enquanto saia foi infelizmente atinjido por um raio, terrível, seguido de um choque terrível, seguido de uma chuva terrível, seguida de um granizo terrível, seguido de uma nevasca terrível, seguida de um meteoro terrível, seguido de um peido terrível, e por fim, ele acaba golpeado por um intenso estouro de energia elétrica e radioativa, tóxica e cancerígena, vinda das fezes de tamanduá que o balão transportava. O acidente, assim como todos os outros acidentes dos quadrinhos, não o mata, mas o dota do poder de absorver e disparar rajadas de luz, coloridas e purpurinantes, vomitar calor, e arrotar várias formas de energia. Assim, como ele não tinha nada melhor para fazer, saiu por aí de colante apertado e virou o primeiro Ray! Porque esse nome você deve se perguntar? Bom, provavelmente àquela altura todos os nomes decentes de herois já haivma sido usados e registrados então, fazer o que?

PoderesEditar

Ray pode voar como um raios, atirar raios, se energizar com raios, se defender com raios, pular co raios, jantar com raios, dormir com raios, ter filhos com raios e navegar pela internet. Nada muito original.

Morte e SubstituiçãoEditar

Como não poderia deixar de ser, assim como todo herói da Era de Ouro, Ray também acabou morto e substituido por alguém parecido, no caso seu filho Raymond (sim, o herói é Ray e se chama Ray na vida real, coisa de gênio...). o novo Ray é praticamente a mesma coisa que o pai, só que usa um capacete dourado e uma jaqueta ao invés do colante amarelo aboiolado do pai.

AtualmenteEditar

Atualmente, o novo Ray ainda está por aí, voando de um canto para o outro, sem que ninguém dê a mínima para isso. Suas recentes participações nos quadrinhos sao mínimas: estava junto dos outros Combatentes da Liberdade quando eles foram massacrados pelos super-vilões durante a Crise Infinita, mas infelizmente, diferente de seus miguzxos Bomba-Humana, Lady Fantasma e Condor Negro, ele conseguiu sobreviver. Depois diso, ele participou a Crise Final onde estava junto de um grupo que se escondeu no satélite da liga, para fugir de Darkseid. Ray largou o resto do grupo e usou seus poderes para cair fora de lá assim que os vilões atacaram, largando para trás todos os seus companheiros desprotegidos com a desculpa de que "estava buscando ajuda".

v d e h
Bem-vindo à DCclopédia!