Abrir menu principal

Desciclopédia β

Perícia física

Os peritos físicos medindo a distância entre uma calçada e outra

A perícia física é uma das mais importantes perícias do mundo criminalístico pois tudo é movido pela física, afinal como Robert Einstein dizia, "No universo nada se cria, é tudo física". Não estou tão certo da veracidade da frase (vi no Facebook), mas eu concordo com isso pois é a física que movimenta o mundo (entendeu essa?).

A períciaEditar

Como a física está presente em tudo, é necessário um perito especialista em física no departamento, apto a desvendar os segredos da física forense, essa danadinha. Talvez ela até não seja tão útil em cenas de homicídio pois as únicas coisas mais técnicas que se poderiam tirar na cena seria quantos metros por segundo o meliante andou, o quanto a gravidade afetou o projétil após sair do cano da arma, se o braço do meliante fez um movimento de alavanca ao tirar a arma do coldre, essas coisas assim que não vão ajudar tanto pra desvendar o crime. Porém, é bastante útil para elucidar crimes ou acidentes de trânsito, por isso até a Polícia Rodoviária Federal possui seus próprios mestres em física pra ajudar em situações como a velocidade que o carro estava antes da freada, o quanto o carro andou após frear, a velocidade do cavalinho de pau na hora da batida, por quantos metros por segundo o corpo de uma das vítimas voou até atingir o solo, entre outras.

AnáliseEditar

Recebendo a notícia do ocorrido, se tiver alguma chance de usar a física pra alguma coisa, os peritos físicos irão até o local e começarão a análise. Munidos de esquadros, pêndulos, fitas métricas e outros aparatos, os peritos físicos começarão a detalhar os acontecimentos. Em caso de um acidente de trânsito, medirão as marcas de freios, a distância do corpo para a cabeça, o fator de dispersão do sangue da vítima, a quantidade de força em Newton da batida (esse aí só chutando mesmo pois não há uma ferramenta apropriada) e outras coisas. Depois fazem um laudo pericial com as informações extraídas e mandam para o juiz, só que esse não entende nada de física por ter gazeado as aulas de exatas na época da escola, o que transforma todo o trabalho técnico do perito físico em nada.

Ver tambémEditar