Abrir menu principal

Desciclopédia β

Nuvola apps atlantik.png Coloque mais dados aqui. Paul Krugman merece!

Aqui poderiam estar mais dados relevantes ao invés dessa merda.
Esclareça os fatos, melhore a redação e assim salve uma alma do purgatório.
Seja útil uma vez na vida e contribua para este artigo ou seção melhorar: edite-a

Monsieur Paul Krugman, pronto para liderar a resistência contra a invasão alienígena.

Cquote1.png Você quis dizer: Freddy Krueger Cquote2.png
Google sobre Paul Krugman
Cquote1.png É a dívida que está sufocando a economia? Mais dívida vai corrigir isso! Cquote2.png
Paul Krugman dando uma bela lição de Economia e de Educação Financeira
Cquote1.png Se a história nos ensinou alguma coisa é que contratar trabalhadores para cavar buracos e depois cobrí-los é uma política sensata que tirou a América de tempos difíceis. Cquote2.png
Paul Krugman em seu discurso de aceitação do Prêmio Nobel
Cquote1.png Alan Greenspan precisa criar uma bolha imobiliária para substituir a bolha da Nasdaq.[1] Cquote2.png
Paul Krugman sobre como resolver a bolha da Internet
Cquote1.png Nem sempre torço por uma invasão alienígena, mas quando eu faço isso é porque eu quero crescimento econômico. Cquote2.png
Paul Krugman sobre como sair de uma recessão

Paul Krugman é um conhecido astrólogo economista norte-americano, professor de Relações Extraconjugais de Princeton, professor emérito da London School of False Economics e colunista para o suplemento socialista do New York Times. Em 2008, Krugman foi premiado com o Prêmio Nobel de Economia por suas contribuições para a compreensão das melhores formas de se destruir uma economia em crescimento.

Na academia, Krugman é conhecido por recomendar a simulação de ataques alienígenas,[2][3] a criação de bolhas imobiliárias[1] e a quebra de janelas como forma de manter o crescimento econômico. Por isto é o vigésimo economista mais citado na história e é considerado um dos pensadores mais influentes da América ao lado de Lex Luthor, de Charlie Sheen e do chihuahua do Taco Bell.

Notas