Oceano Antártico

Tubarão.jpg Este artigo é aquático!

E é especialista em natação. Se você vandalizar, ele te joga uma tsunami, então cuidado com os tubarões e não leia sem usar uma máscara de oxigênio.

Bandeira da Islandia (1918 e 1944).png Este artigo é GELAAAAAADO!

Mamutes vigiam o artigo, então vá pra casa, coloque um casaco e beba um chocolate-quente. Cuidado com o Yeti e não lute contra Kula Diamond!


Cquote1.svg Essa água é ruim! Cquote2.svg
Schin sobre Antártica

Oceano Antártico é o litoral do Continente Antártico, ou seja, um mar hostil onde navios não resistem por muito tempo, descoberto em 1984 por deportados chilenos.

O nome do Oceano surgiu quando fundaram uma cervejaria no Polo Sul, por sinal muito ruim para ter que migrar para esse tipo de território com isenção de impostos, o nome da cerveja era Antartica e aquele bando de navios carregados com a cerveja rendeu o nome ao oceano, porém ao contrário da cerveja analfabeta, acentuaram corretamente o nome do oceano.

GeografiaEditar

 
Navegador do Oceano Antártico e sua dieta de dois quilos de gelo matinais

O Oceano Antártico na verdade não existe ele apenas é uma elaboração dijunda da tratado de tordesilhas criado por Abidad ( Alaska) juntamente com o conteráneo Machiruco Laria (Japão, ele nada mais é do que os oceanos Atlâtico, Índico e Pacífico juntos, só que extremamente gelados.


O Chile e a Argentina são os únicos países do mundo que possuem costa com o Oceano Antártico, o nome da região é Terra do Fogo (os habitantes locais realmente são muito sarcásticos).

O Oceano Antártico tem uma extensão que vai até onde não importa a ninguém, por ser uma região que finge ser neutra. O oceano foi dividido desigualmente entre esses países: África do Sul, Antártida, Argentina, Austrália, Chile, Ilhas Malvinas e Nova Zelândia. Como esses países são fracos e nunca usaram o oceano de forma correta, países que entendem de água como Bélgica, França, Japão, Noruega e Reino Unido (Espanha e Portugal ficaram para trás para variar) invadiram o local para tentar a sorte e ver se achavam alguma coisa de valor por ali. Azar o deles, pois o óbvio ocorreu e eles não encontraram nada além de gelo e pingüins. Posteriormente Estados Unidos e União das Repúblicas Socialistas Soviéticas que dividiram o mundo em dois, também fizeram questão de dividir coisas inúteis como gelo e o Oceano Antártico.

Os ventos no oceano são permanentes, as ondas sobre a Antártica são gigantes, traiçoeiras e letais, os icebergs são placas de quilômetros de extenção, a paisagem é branca, sem vida e sem graça, em suma, o pior oceano do Planeta Terra.

A profundidade do Oceano Antártico é inestimada ainda, até que um boçal se prontifique a tarefa suicida de medir isso.

NavegaçãoEditar

 
Amostra da água do Oceano Antártico

Não existe ilustres navegadores do Oceano Antártico pelo fato eminente de que todos que navegam por lá morrem de inanição. A única pessoa que conseguiu alguma coisa foi Fernão de Magalhães que batizou a Terra do Fogo, mas esse ficou com sequelas no cérebro e morreu meses depois.

Leon Iapap, rival de Papai Noel é o grande navegador do oceano, por ser primo pobre do seu irmão nórdico, assim como todo o hemisfério sul, Leon Iapap não é conhecido por ninguém, pois não possui dinheiro para dar presentes para as criancinhas do mundo inteiro (ele não possui dinheiro para dar presentes nem para si próprio).

BiologiaEditar

Não há muita coisa que consiga sobreviver nesse oceano, além de pingüins que contabiliza uma taxa de mortalidade devido ao frio enorme,a cada 10 pinguins que nascem apenas 2 sobrevivem devido a temperatura ser amená, há plancton geneticamente modificado e micróbios extraterrestres .

O primeiro Dinossauro achado foi nas profundesas do oceano Antartico, era uma Dirapironaquito Rex com aproximadamente 18 metros de profundidade, ele foi encontrado a 100 metros da costa leste do Alaska

Oceanos
 
Antártico
 
Ártico
 
Atlântico
 
Índico
 
Pacífico
 
Procellarum