Abrir menu principal

Desciclopédia β

O Rei do Gado


Rio Bairros em inglês 6.jpg HUEHUEHUEHUEHUE BR BR

Oxe, venha cá, este artigo da porra vem do Brasil! Só fala de futebol, come feijoada, exporta travestis, puxa o saco dos EUA, paga imposto pra caralho e põe a culpa no governo pela alta criminalidade.

Rei do Gado
Rei do gado.jpg
Nascimento 2 de Maio de 1946
Brasil
Idade Pensa
Altura Em pé 1,88
Peso Vixi mais ou menos um 500
Estilo de luta Boiadeiros
Arma preferida Ferradura
Técnica Máxima Secreta Coise
Religião Catôlica
Profissão Heroi
Característica marcante É um boi com uma coroa
Comida favorita Salada de grama
Frase favorita Muuuuuuuuuuu
Esporte Nenhum
Mania Comer pasto e odia Ronald McDonald

Cquote1.png Você quis dizer: O Rei Drogado Cquote2.png
Google sobre O Rei do Gado
Cquote1.png Muhahaha você nuca vai me pegar Cquote2.png
Ronald McDonald sobre Rei do Gado

Cquote1.png Gringo infeliz Cquote2.png
Rei do Gado sobre Ronald McDonald

Cquote1.png É um parássaro? É um avião? Não é...é...um boi? Cquote2.png
um ser humano sobre Rei do gado voando

Cquote1.png Sou desse chão, onde o rei é peão, com um laço na mão, laça, fere e marca... Cquote2.png
Abertura de Novela sobre Rei do Gado

Essa é a história do verdadeiro Rei do Gado

Índice

História

Deis di bizerro Rei du Gado possui poderes ispeciais graças a uma inradiação que ele comeu e ganhou super poderes como voo, raio laser, super força e velocidade.

Um certo dia ele e sua famía foram vendidos ao exterior nos EUA para a famosa e maligna McDonald's. E morriu.

Biografia da Globo

Tuuuuuudo começou lá quando Benedito Ruy Barbosa nasceu, na Segunda Guerra Mundial, quando duas famílias italianas, os Mezenga e os Berdinazzi, viraram do MST. Um dia, ambos invadiram uma terra boa aqui no Brasil, mas ae começaram com uma frescura do cacete porque um queria colocar um cercado cor-de-rosa e o outro lilás. Daí as famílias entraram em guerra total, ainda que Giovanna Berdinazzi (Letícia Spiller) e Enrico Mezenga (Leonardo Brício) tenham decidido se acasalar e ter um filho, chamado Bruno. Esse ai vai ser o tal "Rei do Gado".

Anos depois, naquele recurso mais velho que a dentadura de sua bisavó que novela faz pra avançar os anos, Bruno Berdinazzi Mezenga (ou, como ele se diz, "B.", por ódio dos Berdinazzi) está podre de rico, cheio de bois, vacas, touros, novilhos, bezerros e cornos. Bem, na verdade, um só corno, que era ele mesmo. Quando ele descobriu, mandou a esposa Léia (Silvia Pfeifer) de volta pra Guerra nas Estrelas.

Após resolver uma bronca causada por outro grupo de Sem-Terras, ele conhece Luana (Patricia Pillar), e logo fica gostando dela, sem imaginar que na verdade são primos (típico de novelas). Luana é na verdade Marieta Berdinazzi, a sobrinha desaparecida do Geremias Berdinazzi (Raul Cortez), dono de um monte de pés de café e inimigo nº1 de Bruno. O problema é que apareceu uma espertinha chamada Rafaela (Glória Pires) que tentou dizer que era ela a herdeira, mas depois de um tempinho descobriram que era uma farsa. Só depois de um tempão (mais um clichê) a verdade foi descoberta.

Conteúdos clichês (ou nem tanto)

  • Marido corno procurando outra mulher mais bonita que ele não sabe que é parente sua;
  • Duas famílias que brigam anos a fio sem porra de motivo algum e no final da novela ficam amiguinhas;
  • Ex-mulher que quer encher o cu de grana do marido corno;
  • Maluco malvadão que morre e deixa todo mundo perguntando "quem matou fulano?" e todo mundo vira suspeito;
  • Dupla sertaneja enchendo o saco de todos (Sérgio Reis e Almir Sater, de novo). Se não entendeu essa, você não conhece Benedito Ruy Barbosa...
  • Italianos falando um sotaque bem estranho e todo misturadão;
  • Amante dando sopapo na sua amante (opa, essa é nova!);
  • Político honesto (essa também é nova, mas foi tão mentirosa que ficou por aí mesmo).

Trilhas sonoras de bosta

Como a novela se passava no "interiorrrrr", ela não teve uma trilha internacional. O que aconteceu? 2 tralhas nacionais saíram e estão em todos os sebos e ninguém quer. Vão criar traças e mofo por toda a eternidade, hahahahaaa...

O Rei da Bosta I

Capa: Flora A Favorita (Patricia Pillar)

  1. O Gay Viado - Orquestra Meninos de Heliópolis
  2. Coração Sertanojo Universitário - Chitãzinha & Xororó
  3. Admirável Chip Novo - Pitty
  4. La Forza Della Vita - Renato Russo (prefira no CD Aquele Beijo internacional ou no Equilíbrio Distante)
  5. Eu Te Fodo, Te Bato, Te Odeio - Roberta Miranda dando um trato em Sula
  6. Enxurrada (da enchente) - Djavando
  7. À Primeira Vista - Stevie Wonder no oculista
  8. Sem Medo de ser Infeliz - o casal Zezé & Luciano
  9. Tenso Mistério - Leonardo, na época quando ainda namorava Leandra, até ela morrer anos depois
  10. Caganeiro de Profissão - Jair Rodrigues
  11. The Lesbian in Me (Needs the Dyke in You) - Shania Twain
  12. O Que Vem a Ser uma Parada Cardíaca - Orlando Morais para Dominguinhos, que só foi pro beleléu 17 anos depois
  13. Cidadezinha Pequena - Necrópole
  14. Caminhando no Trilho do Trem-Bala - Evara Sem Nozan

O Rei da Bosta II

Ainda pior do que a anterior, pois quase todas as faixas são interpretadas por "Pirilampo & Saracura" (what da FUCK?)

  1. Cabecinha na Pata de Camelo - P & S (1ª)
  2. Minha Gioconda - Chrystian (que deixou de fazer música boa nos anos 70 para se entregar ao sertanojo) & Ralf fazem um ménage com Agnaldo Rayol
  3. Pirilume ("pirilampo + vagalume ah, dane-se!") - Joana Paula & Daniel
  4. No Fim do Asfalto é uma cilada, Bino! - Orquestra de Heliópolis
  5. Cagando no Estradão - P & S (2ª)
  6. Sou Vagabundo, Jamais vou Trabalhar - P & S (3ª)
  7. Sinhá Mariquinha (não operou ainda) - Segundinhas
  8. Brasil Zoeira - P & S (4ª)
  9. Boiadeiro Viado - P & S (5ª)
  10. Me Afogando no Rio Araguaia - P & S (6ª)
  11. Você Vai Gostar do meu Pau - P & S (7ª)
  12. O Gay Viado - P & S (8ª e ÚLTIMA! UFA!!!)

Agora entende por que ninguém quer também esse calço de guarda-roupa?