Nudez

(Redirecionado de Nu)

Nota: Se está procurando um monstro asqueroso ou outra coisa (ui!) visite Nu (desambiguação)
Esta página se adequa à Nova Política de Conteúdo Sexual.
Conteúdo impróprio para menores de 18 anos! Tirem as crianças da sala! Este artigo tem conteúdo impróprio para menores!
Este artigo pode conter pornografia pesada ou leve. De preferência, leia-o de olhos fechados...

Se ele estiver cometendo uma infração à Política de Conteúdo Sexual, por favor, reporte à moderação.


Uma gostosa furry, tudo tem um lado bom (ou não).

Cquote1.png Experimente também: Vandalização tcheca Cquote2.png
Sugestão do Google para Nudez
Cquote1.svg Adoro estar desse jeito, nua, peladinha, para poder curtir a natureza! Cquote2.svg
Nudista sobre nudez.
Cquote1.svg Puta que o pariu, isso é pura putaria. Fazia sempre quando era jovem caralho. Cquote2.svg
Dercy relembrando a era do gelo
Cquote1.svg Um dos melhores artigos da Desciclopédia! Cquote2.svg
Tarado sobre nudez.
Cquote1.svg Meh! Cquote2.svg
Página para punheteiros sobre citação acima.
Cquote1.svg É arquievidente e irrefutável, como já provei com a minha piroca de espada de geléia, que a nudez é a mostra final da imbecilidade comunista e gramsciana do coletivo. Cquote2.svg
Olavo de Carvalho sobre nudez.
Cquote1.svg Caraca! Cquote2.svg
Onanista sobre nudez.
Cquote1.svg Mió nudez do qui nu nosso, sô!! Cquote2.svg
Caipira sobre nudez (ou sobre no dos outros ser refresco)
Cquote1.svg Só a pratico para tomar banho e transar! Cquote2.svg
Conservador sobre nudez
Cquote1.svg É arcamente e irrefutável, como já provo com a minha bengala de geléia em tamanha escala, que a nudez é uma das minhas grandes atividades, sendo aderida por homens gays e mulheres! Cquote2.svg
Pessoa com documento desproporcional ao tamanho sobre nudez

O que é isso, cara pálida?Editar

A Nudez, (aka Nu, Peladez) é uma forma de expressão indígena que fez história desde o descobrimento do Brasil, mas cujas origens estão além dos limites da história humana. A verdade é que desde os tempos das cavernas, a nudez esteve relacionada a disponibilidade ou não da fêmea para a procriação e por isso mesmo surgiram as roupas, que seriam uma proteção do calor, do frio e de possíveis moléstias sexuais, como a AIDS e a gonorreia por exemplo. Desde então, a roupa é associada à segurança e à seriedade, enquanto que a nudez é associada à libertinagem e à sexualidade, e é por isso mesmo que a senhora sua progenitora te censura caso pegue você batendo punheta por conta de uma foto de mulher pelada que circule na internet (ou talvez por isso ela aprova a ideia).

Pessoas que apelam para este tipo de expediente para ganhar a vidaEditar

Em geral, putas de luxo e subcelebridades como Bruna Surfistinha, Viviane Araújo e Mônica Veloso apelam para a exposição pública de sua nudez para ver se conseguem complementar o orçamento com alguns trocados. Contudo, esse é um caminho tão vulgar a ponto de nos países "conservadores" da América Latina e do Oriente Médio as mulheres serem rechaçadas e censuradas por utilizar este expediente, ao passo de que em países mais liberais essas mulheres serem simplesmente ignoradas. O Brasil é um caso a parte pelo simples fato de que a vontade de fazer sexo está tão aflorada que os orkutianos onanistas daqui chegam a ter vontade de transar até com o Ursinho Pimpão.

Aqui na desciclopédia temos vários exemplos, mas vamos mostrar algumas imagens nessa página:

Ver tambémEditar