Abrir menu principal

Desciclopédia β

Mercedes Benz (canção)

Mercedez Benz é o nome de uma canção de Janis Joplin em homenagem ao transporte público e a um cobrador de ônibus gaúcho com quem ela tentou ter um caso.

"Mercedes Benz"
Single de Janis Joplin
Lado B "Inter II"
Lançado em no inaguração a linha linha Texas-Woodstock
Formato 69 RPM (sem participação de Paulo Ricardo, que estava gravando o tema do Big Brother Brasil
Gravado Num feriado do Dia do Trabalho de 1900 e guaraná de rolha
Gênero Lisérgico
Duração 59:59 (o equivalente a uma viagem de ônibus)
Letra de Janis Joplin
No Wikipedia.png QUEBRARAM A CARA!

Os espertalhões da Wikipédia NÃO tem um artigo sobre Mercedes Benz (canção).

Índice

HistóriaEditar

Janis Joplin nasceu em Honduras e trabalhou toda a sua infância na casa de Manuel Zelaya, que viraria presidente daquele país. Após um tempo, de saco cheio, pegou uma câmara de ar de trator (que era da marca Ford) e migrou ilegalmente para os Estados Unidos, no Texas.

Chegando lá, comprou documentos falsos e se fez passar por texana, coisa que não é difícil, basta falar coisas incompreensíveis bem enrolado que é aceito. Janis, então documentada, foi à caça de emprego.

Contudo nos EUA da época, os empregos mais nobres não eram acessíveis, acabando Janis por trabalhar na linha de montagem de torradeiras (advento graças ao fordismo) e para chegar no emprego, Janis tomava dois ônibus, todos Mercedes-Benz.

No ônibus, Janis conheceu um gaúcho de nome Onofre, tentou dar pra ele mas descobriu que aquela Coca era Fanta.

No WoodstoockEditar

Sem nada para fazer, Janis ficava cantarolando a única coisa que sabia ler: a marca dos ônibus. Os demais passageiros, de saco cheio, mandaram ela cantar em algum lugar e então se inscreveu para um evento chamado Woodstock. Para ser aceita, teve que aumentar a produção da linha de montagem de torradeiras, o que fez com que ela aprimorasse as idéias do fordismo, incrementando a produção. O resto é a história que nós já conhecemos.

LetraEditar

I'd like to do a song of a great social and poetical import
It goes like this

Oh Lord, won't you buy me a Mercedes Benz?
My friends all drive Porsches, I must make amends.
Worked hard all my lifetime, no help from my friends,
So Lord, won't you buy me a Mercedes Benz?

Oh Lord, won't you buy me a color TV?
Dialing For Dollars is trying to find me.
I wait for delivery each day until three,
So oh Lord, won't you buy me a color TV?

Oh Lord, won't you buy me a night on the town?
I'm counting on you, Lord, please don't let me down.
Prove that you love me and buy the next round,
Oh Lord, won't you buy me a night on the town?

Everybody!
Oh Lord, won't you buy me a Mercedes Benz?
My friends all drive Porsches, I must make amends,
Worked hard all my lifetime, no help from my friends,
So oh Lord, won't you buy me a Mercedes Benz?

That's it!

TraduçãoEditar

Onofre, tu é Barbie? Tu é Mercedes, bem?
Cê fez au, dá-me ponche, eu mastiguei amendoas.
Oh, que rápido, isso é lamentavel, no RAP foi que fez.
Onofre, tu é Barbie? Tu é Mercedes, bem?

Onofre, tu é Barbie? Tu é colorida, eu vi!
Dá-lhe! Fodo-las, e traí o infame.
Amei foder livre! Iche, Dei ui... foi tri!
Onofre, tu é Barbie? Tu é colorida, eu vi!

Onofre, tu é Barbie? A noite tu é a tal!
Ai conte! Bom pra tu Onofre, se eu dou fico down.
Prove, deite logo meu! Bye bye pro negão!
Onofre, tu é Barbie? A noite tu é a tal!

É um bode!
Onofre, tu é Barbie? Tu é Mercedes, bem?
Cê fez au, dá-me ponche, eu mastiguei amendoas.
Oh, que rápido, isso é lamentavel, no RAP foi que fez.
Onofre, tu é Barbie? Tu é Mercedes, bem?
tesão!