Abrir menu principal

Desciclopédia β

Hawke's Bay

Homem-esguio, cidadão ilustre de Hawke's bay, governador local, secretário da agricultura e garçom nas horas vagas.

Cquote1.png Você quis dizer: Caipirolândia Cquote2.png
Google sobre Hawke's Bay

Hawke's Bay é a parte caipira da ilha do norte da Nova Zelândia, quer dizer, todo o resto é caipira exceto a região Auckland. Um rebanho de 100 mil ovelhas habita a região, 5 mil são cães e 1 mil são seres humanos.

HistóriaEditar

Vamos pular essa sessão... A história de Hawke's Bay é tão rica e antiga que só mesmo uma cidade caipira do Brasil tem mais história que essa região. Mesmo assim ninguém está ligando. A história de Hawke's Bay é a mesma de todos as outras regiões com exceção de Auckland, Maoris habitavam o lugar, ficaram de saco cheio e se mudaram para a Austrália.

Por anos a região foi desabitada até que a Nova Zelândia mandou alguns caipiras povoarem a região e foram com desgosto, o lugar era tão sem predadores que as ovelhas ficaram com um rebanho de tamanho colossal e ficavam andando livres por aí.

Os fazendeiros continuam com tédio, com menos ultimamente depois que internet discada chegou lá.

NomenclaturaEditar

O nome, Hawke's Bay, vem do primeiro e único habitante da região chamado "Hawk", ao menos como ele gostava de ser chamado. Como todo bom colonizador da Nova Zelândia ele era um esquisitão que vivia de Anemofilia, ou seja, era um tarado por vento. Como em Auckland ele não tinha vento o bastante foi para uma região montanhosa e desabitada.

Ele chamou aquele lugar de "Cantin do Hawke's" de modo bem caipira, uma placa da única estrada para Hawke's Bay, criada por ele mesmo, dizia que invasores da propriedade iriam ser baleados, ninguém nunca ia por ser uma região desinteressante só com vento, árvores e ovelhas e que parecia ser menor do que aparentava.

Hawk viveu anos feliz aproveitando sua Anemofilia e por ser o primeiro habitante o nome acabou pegando quando começaram a reabitar o lugar.

EconomiaEditar

Por ser uma parte esquecida de um país esquecido as praias não fazem muito sucesso. Alguns então vivem colocando vinho nessa região e exportando esses vinhos, quem já não passou no mercado e não viu uma sessão de vinhos da "Nova Zelândia", com certeza passou reto e foi para um país de verdade como África do Sul ou Itália.

Alguns tentam a prática de capturar ovelhas selvagens (só em Hawke's Bay) e vender a lã para o exterior, é uma vida mais emocionante e à la velho oeste.