Abrir menu principal

Desciclopédia β

G3R4Ç40 BR451L

Cquote1.png Você quis dizer: Cheias de Charme Cquote2.png
Google sobre Geração Brasil

Barrichello Criyng.jpg Geração Brasil é um(a) PERDEDOR(A)

E não adianta chorar, sempre vai se foder bonito.

Clique aqui para ver outros azarões.
Nerd.jpg >Este artigo é coisa de NERD, portanto, seja bem-vindo._

>Aqui se aborda coisas as quais você pode se interessar, como RPG e computador. Caso você seja um valentão, não leia este artigo!_


Geração Brasil foi uma telenovela das 19:30 da noite escrita por Filipe Miguez e Izabel de Oliveira, os mesmos de Cheias de Charme. Exibida em 2014, sucedeu Além do Horizonte e foi substituída por Alto Astral. Foi a primeira novela a apresentar o universo dos smartphones e da tecnologia em geral, em detrimento até mesmo ao romance dos protagonistas.

Índice

SinopseEditar

Jonas Cheio de Marra é um magnata da tecnologia. Ele criou a Marra, empresa especializada em celulares, e prosperou com isso. Ele se envolve com a atriz estadunidense Pau Nela Parker e se tornam o mais novo casal 20. Ela é uma atriz carismática e extravagante, filha do dono da Parker TV, mãe de Meganlinha, uma patricinha inconsequente que só se envolve em confusões e namoros midiáticos, ou seja, adora se esfregar no primeiro que aparece.

A vida de Jonas Cheio de Marra muda completamente quando ele vai para o Brasil, causando grande alvoroço na mídia. Ele tenta esconder a família brasileira, liderada pela mãe, a grande vilã dessa porra toda, Nazaré Gláucia Infeliz, uma interesseira que nunca perdoou o filho por tê-la deixado à própria sorte. Aqui, Jonas Cheio de Marra lança um reality show com o mesmo nome da novela, com intuito de encontrar o novo presidente para sua empresa, assim que JCDM bater as botas.

Entre os participantes estão Dá-vi e Mão Nela que, apesar de concorrentes, iniciam um namoro. Megalinha apaixona-se por Dá-vi e tenta melar essa relação, se esfregando nele também. Dá-vi trabalha na ONG Desplugar com o misterioso Herval Venenosa, ex-cafetão de Pau Nela. E Mão Nela vive no sufoco, com as crises de bipolaridade do irmão Ih, gor e a prisão por corrupção do pai, Fraud.

Jonas Cheio de Marra é também supersticioso: não dá um passo debaixo da escada sem consultar o seu guru e amigo Brian Tyson, uma espécie de Walter Mercado brazuca. Em uma feira de tecnologia, ele conhece Irônica, uma jornalista que precisou largar o jornalismo para se dedicar ao filho, Vicente Pinto. A atração entre os dois é mútua, e eles começam a se comer também. Além do desafio de encontrar um gênio e reencontrar a família, Jonas Cheio de Marra terá que abrir mão de muita coisa – inclusive de Pau Nela, se quiser viver o amor com Irônica, ou seja, alguém vai virar corna aqui.

E mais uma porção de núcleos superengraçados (só que não) apenas para encher linguiça, e que ninguém mais se lembra.

ElencoEditar

Trilha sonoraEditar

  • Devido à baixa audiência e ao tempo de exibição, só teve a nacional mesmo lançada.

NacionalEditar

Capa: Chandelle do Brás como Mão Nela
2. Caraca Muleke - Thiaguinho
3. Setevidas - Pitty
4. Proibida Pra Mim (Grazon) - Tiago Iorc
5. Não Consigo - Ney Matogrosso
8. Me Dê Motivo - Adriana Calcanhotto
9. Volte Pra Mim - Monique Kessous
10. Mon Amour, Meu Bem, Ma Femme (incidental: La Vie en Rose) - Fernanda Takai e Zélia Duncan
11. Brasil Ostentação - Gaby Amarantos
12. Fliperama - Tom Zé
13. O Mistério do Fundo do Olho do cu - Lula Queiroga
14. Na Menina dos Teus Olhos - Mayra Andrade e Márcia Castro
15. Para um Amor no Recife - Júlia Konrad e DJ Dolores
16. Alma Sebosa - Johnny Hooker
18. Escolha Já Seu Nerd - Os Seminovos

InternacionalEditar

  1. California Dreamin' - The Mamas & The Papas
  2. Rise to the Sun - Alabama Shakes
  3. Bizarro Genius Baby - MC Frontalot
  4. Combat Lover - Nina Kinert
  5. Team - Lorde

CuriosidadesEditar

  • Assim como Cheias de Charme foi um grande sucesso G3R4Ç40 BR451L foi um grande fracasso;
  • Fracassou porque só sabia falar de tecnologia o tempo todo. 80% do elenco era de nerds, computeiros e jovens Nutella viciados em tecnologia;
  • E também devido à Copa do Mundo de 2014, aquela em que a Deutschland goleou o Brasil por 7 a 1;
  • A meta era de 30 pontos, mas não chegou nem a 20. Ô coitada...

Ver também:Editar