Mudanças entre as edições de "Cultura"

601 bytes adicionados ,  19h14min de 26 de dezembro de 2007
sem sumário de edição
{{c|Quero ter a bunda maior que a sua!|Rede Globo|{{PAGENAME}}}}
{{c|Deixe ligada a TV e boa noite!|William Bonner|{{PAGENAME}}}}
==O que é essa porra?!==
 
Cultura é tudo aquilo que nem [[VOCÊ]] e nem seus amigos revoltados tem! É algo considerado extremamente raro, a sua forma mais pura e natural se encontra em severa extinsão em paises de terceiro mundo como o Brasil e EUA(?), onde burgueses e donos de grandes redes de comunicação fazem questão de fazer com que você não entenda nada do que eu estou falando aqui e continue achando que o mundo é um fruto cor-de-rosa criado pelo [[Wonka]].
 
É também o nome dado a toda e qualquer obra [[RBD|não-comercial]] que seja patrocinada pelo governo ou por algum [[empresário|mecenas]] idiota, que não entenda que Cultura para os [[emos]] é uma coisa pegajosa e nojenta que começa com CU.
 
==História da Cultura no Brasil==
No afã de criar cargos para alegrar os burocratas, o governo [[Brasileiro]] criou o Ministério da Cultura, que hoje em dia é ocupado pelo "cantor" [[Gilberto Gil]] ex-ator da Globo e desempregado, um cara que se acha o novo [[Bob Marley]] apesar de ser mais burro que a [[Luciana Gimenez]] e usa o ministério da cultura para espalhar a pseudo-cultura semi-dominante (de que Cultura, na verdade, é ter a bunda maior que a dos outros) criada pela [[Rede Globo]] e seus afiliados (não que isso tenha alguma importancia).
 
A história da Cultura no Brasil começou com um canal chamado '''TV Cultura''', criado por [[Assis Chateaubriand]], também conhecido por [[Chato|Chatô]].
 
Mas como o governo da [[Ditadura Democrática do Brasil]] não via aquele monte de merda com bons olhos, foi resolvido que ia se estatizar a cultura, assim como já tinha sido feito com o [[Petrobrás|Petróleo]] e o [[Telefone]].
 
Depois de algum tempo, no afã de criar cargos para alegrar os burocratas, o governo resolveu criar o Ministério da Cultura, que hoje em dia abriga desocupados como o "cantor" [[Gilberto Gil]], um certo ex-ator da [[Rede Globo]] desempregado que se acha o novo [[Bob Marley]], apesar de ter uma burrice comparável a da [[Luciana Gimenez]].
 
No afã de criar cargos para alegrar os burocratas, o governo [[Brasileiro]] criou o Ministério da Cultura,Pelo que hojedizem emas diamás é ocupado pelo "cantor" [[Gilberto Gil]] ex-atorlínguas da Globo e desempregado, um cara que se acha o novo [[BobVila Marley]]Franca apesarSem deRei sernem mais burro que a [[Luciana GimenezImperador]], eele usa o ministério da cultura para espalhar a pseudo-cultura semi-dominante (de que Cultura, na verdade, é ter a bunda maior que a dos outros) criada pela [[Rede Globo]] e seus afiliados (não que isso tenha alguma importancia).
 
Para provar que a Cultura só leva o [[Brasil]] para o fundo do poço, temos gente como [[Chuck Norris]], [[Lula]], [[Olavo de Carvalho]], [[Fidel Castro]], [[Carla Perez]] e [[Diogo Mainardi]].
[[da:Kultur]]
[[de:Kultur]]
20 437

edições