Abrir menu principal

Desciclopédia β

Escrito nas Estrelas

Xeco.jpg Escrito nas Estrelas é Espírita!

Isto significa que ele(a) acredita em reencarnação, macumba e acha que pode falar com mortos, fantasmas ou demônios além de adorar seres de outras dimensões como ETs, gnomos, duendes, vampiros, etc. Clique aqui para encontrar outros espíritas.

Cquote1.png 'In the arms of the angel...' Cquote2.png
tema romântico de Viviane e Daniel.
Cquote1.png Mulherada burra! Cquote2.png
Gilmar sendo machista.
Cquote1.png 'Nosso amor/Esse amor, está escrito nas estrelaaaaas...' Cquote2.png
Tetê Espíndola sobre Escrito nas Estrelas.

Mais uma novela da discípula de Ivani Ribeiro, Elizabeth Jhin, Escrito nas Estrelas foi mais uma novela da Globo exibida entre 12 de abril e 25 de setembro de 2010, às 18h da noite.

Índice

EnredoEditar

O Dr. Ricardo a Guiar, que perdeu a mulher há dez mil anos atrás, é um médico conceituado, dono de uma clínica de reprodução assistida, e tem verdadeira adoração pelo único filho, Daniel, que estuda Medicina. Os dois amam-se profundamente, mas têm ideais e temperamentos opostos, o que causa atrito entre pai e filho.

Mas uma hora, uma tragédia abala Ricardo: Daniel morre prematuramente em um acidente. Após algum tempo, o médico descobre que seu filho havia congelado a porra antes de morrer. A partir daí, Ricardo inicia uma busca incansável pela “mulher ideal”, digna de ter a porra dele inserida na boceta, e tornar-se a mãe de seu neto. Só que o destino está prestes a lhe pregar uma peça.

A jovem escolhida é a humilde e batalhadora Viviane, que conhecera Daniel pouco tempo antes de ele ir pro beleléu. Os dois viveram uma rápida, mas profunda paixão. Daniel ainda encanta Viviane, envolvendo-a nos sonhos em que aparece para ela. A proximidade de Ricardo com a jovem, sem saber que ela fora a amada de seu filho, acaba por despertar um novo sentimento no médico, que se apaixona por ela.

A partir daí surge uma situação insólita e surpreendente: o espírito de Daniel passa a assombrar a família e, apesar de estarem em planos diferentes (Daniel no superior e Ricardo na Terra, mesmo), pai e filho irão disputar o amor da mesma mulher. Assim, de forma inesperada, Viviane surgiu na vida de pai de filho, desencadeando uma série de conflitos e um amor que transcende os limites da vida humana.

E, claro, não podemos esquecer do vilãozão Gilmar, que é misógino e adora chamar Viviane de burra. Ele trabalha para Ricardo a Guiar e passa a chantagear Viviane.

ElencoEditar

  • Viviane - Carnavália Dill
  • Daniel - Jayme Matarazzo
  • Gilmar - Alexandre Nero
  • Dr. Ricardo a Guiar - Humberto Martins

Trilha sonoraEditar

  1. Quando a Chuva Passar - Paula Fernandes (abertura)
  2. Eternamente - Gal Costa
  3. Ela só Pensa em Beijar - Celso Fonseca (sério mesmo?)
  4. Pai - Fábio Jr.
  5. Roda Gigante II - Marcelo Mira
  6. Ela Briga Comigo - Moinho
  7. Mamãe Passou Açúcar em Mim (ao vivo) - Mart'nália
  8. Deixa eu te Amar - Diogo Nogueira
  9. Para de Paradinha - Arlindo Cruz
  10. Nossa História - Lorena Chaves
  11. Erva Venenosa (Poison Ivy) - Rita Lee
  12. Coração de Papel - Zé Renato
  13. Quem Toma Conta de Mim (Someone to Watch Over Me) - Paula Toller
  14. Gente Humilde - Luiza Possi

e:

  • Angel - Katherine Jenkins
  • Billionaire - Travie McCoy e Bruno Mars

Tema de aberturaEditar

Pra quê falar se você não quer me ouvir
Fugir agora não resolve nada
Mas não vou chorar se você quiser partir
Às vezes a distância ajuda
E essa tempestade um dia vai acabar

Só quero te lembrar
De quando a gente andava nas estrelas
Nas horas lindas que passamos juntos

A gente só queria amar e amar
E hoje eu tenho certeza
A nossa história não termina agora
Pois essa tempestade um dia vai acabar

Quando a chuva passar
Quando o tempo abrir
Abra a janela e veja
Eu sou o sol
Eu sou céu e mar
Eu sou seu e fim
E o meu amor é imensidão

CuriosidadesEditar

  • Substituiu Cama de Gato e foi substituída por Araguaia;
  • A novela estreou no mesmo dia em que uma enchente devastou o Rio de Janeiro, e para homenagear esse grande momento, mostraram isso na novela;
  • Paula Fernandes se deu ao trabalho de regravar Ivete apenas para a abertura da novela, pois a versão de Quando a Chuva Passar dela, ao contrário da original, não fez nenhum sucesso;
  • O final do vilão Gilmar foi ele em um bote inflável em alto-mar, junto com um monte de "mulherada burra", segundo suas próprias palavras; ao bater o pé na água após dizer "tô a fim de encarar um peixinho", havia um tubarão bem embaixo dele, e aí...

Ver também:Editar