Abrir menu principal

Desciclopédia β

Desordem da Atenção Deficitária na Idade Avançada

Asclepius.png A Desciclopédia não é um consultório de medicuzinho.
Por isso, tome vergonha e vá procurar um para fazer seu check-up.

Cquote1.png Você quis dizer: Labirintite? Cquote2.png
Google sobre Desordem da Atenção Deficitária na Idade Avançada
Cquote1.png Você quis dizer: TDAH na velhice? Cquote2.png
Google sobre Desordem da Atenção Deficitária na Idade Avançada
Cquote1.png Você quis dizer: Mal de Parkinson? Cquote2.png
Google sobre Desordem da Atenção Deficitária na Idade Avançada
Cquote1.png Que porra é essa??. Cquote2.png
Você sobre Desordem da Atenção Deficitária na Idade Avançada
Cquote1.png Não se preocupem: Quem não chegou ainda, algum dia chegará com certeza!! Cquote2.png
Um Médico sobre Desordem da Atenção Deficitária na Idade Avançada
Cquote1.png O que eu ia editar mesmo?? Cquote2.png
Eu sobre Desordem da Atenção Deficitária na Idade Avançada


Desordem da Atenção Deficitária na Idade Avançada ou simplesmente D.A.D.I.A. é uma doença que ataca o sistema nervoso central e leva o homem ou a mulher a fazerem coisas que eles pensam que estão fazendo mas não estão fazendo ou também esquecem do que estão fazendo. Entendeu? (WTF?)

Aonde ataca

Índice

SintomasEditar

Bem, são poucos os sintomas, porém intensos e cada vez mais são maiores. Aí vai:

  • Você fica desorientado
  • Você perde os sentidos
  • Gasta o maior tempo fazendo uma coisa mas não faz
  • Tem perdas significativas de memória
  • Vai realizar algo e não se lembra mais do quê ia fazer
  • Não consegue realizar uma simples tarefa

Quando é diagnosticada??Editar

Se você tiver mais de 35 anos, cuidado: É aí que começam os primeiros sintomas. Para algumas pessoas, podem aparecer até antes dos 35. E conforme você apaga as velhinhas velinhas no bolo, tende a piorar. Dizem que é quando o preço das velas fica mais caro que o preço do bolo.

EstágiosEditar

É dividida em quatro estágios

PrimeiroEditar

Geralmente começa quando o homem ou a mulher está em seus 30 anos e vai até mais ou menos os 45 anos. Já começam a comprar agendas e anotar recados pois têm dificuldades em guardar alguma informação. Lembram-se de algumas datas apenas: O próprio aniversário, o de casamento e aniversários de parentes. Não se lembram mais dos amigos e também esquecem de alguns compromissos, mas estes sem muita importância. Atrapalham-se com tarefas complexas.

SegundoEditar

Essa fase vai dos 45 aos 55 anos. Já se esquecem algumas vezes de ler a agenda e só lembram de datas muito importantes, mas mesmo assim esquecem. Também não se lembram de ir a compromissos importantes como reuniões e festas. Sonham em conseguir logo uma aposentadoria pois não dão conta mais do trabalho. Começam a se atrapalhar em tarefas de dificuldade média, mas que antes faziam sem esforços.

TerceiroEditar

Fase que vai dos 55 aos 65 anos, aqui começam a aparecer a maioria dos sintomas. Não conseguem mais completar um trabalho e aqui já começam a entrar em filas do INSS. Os outros que têm que lembrar de datas e compromissos e mesmo assim se perdem. Não se lembram mais do que estão fazendo. Compram remédios para ter a memória boa outra vez. Não funciona muito...

Quarto e últimoEditar

 
Indivíduo no quarto estágio da doença

Esse estágio vai dos 65 anos até a morte do indivíduo. Já nem reconhecem mais os próprios parentes. Também nessa fase, os indivíduos portadores andam tendo muitos encontros com o médico (se não se esquecerem). Nem remédio para memória resolve mais.

Tem cura ou tratamento?Editar

Não. É uma doença que surge com o DNA (Data de Nascimento Antiga) ou PVC (Porra da Velhice chegando) que surge com a idade e não tem cura e nem forma de tratamento. Não tem como evitar. (Se fudeu!!)

Quem tem?Editar

  • Anônimo
  • Idosos
  • Tua avó
  • Teu avô
  • Pessoas acima de 35 anos
  • Na verdade, todo mundo vai ter
 
Esse cara aí tem a D.A.D.I.A.

Depoimento de quem tem a D.A.D.I.A.Editar

" Outro dia decidi lavar o carro; peguei as chaves e rumei em direção à garagem, quando notei minha correspondência largada em cima da mesa... Ok, vou lavar o carro, mas antes vou dar uma olhadinha na correspondência, pois pode ter alguma coisa urgente... Ponho as chaves do carro na escrivaninha ao lado e, olhando a correspondência, vejo que tem muita propaganda inútil, pelo que decido jogá-las fora, quando noto que a lixeira está cheia...'' Então tá vou esvaziar a lixeira. Coloco as contas sobre a escrivaninha, mas lembro que tem um caixa eletrônico bem perto de casa, vou primeiro pagar as contas... Coloco a lixeira no chão, pego as contas e vou em direção à porta... Onde está o talão de cheques? Achei, mas só tem uma folha. Tem talão novo na escrivaninha... Ao passar pela mesa de jantar, encontrei... aquele refrigerante que eu estava tomando. Vou pegar o talão, mas antes vou guardar o refrigerante na geladeira... Estou andando em direção à cozinha quando noto que as flores no vaso parecem murchas, é melhor trocar a água antes... Coloco o refrigerante no balcão da cozinha, quando...Ah! Achei meus óculos! Estava procurando desde de manhã! É melhor guardá-los logo... Pego uma vasilha, encho de água, e vou em direção ao vaso... Deixaram o controle remoto da TV aqui em cima. À noite quando formos assistir, ninguém vai se lembrar de procurar na cozinha. É melhor levá-lo para sala. Mas... Ponho meus óculos sobre a mesa e pego o controle... Estou colocando água na planta, mas caiu um pouco no chão. Jogo o controle sobre o sofá e vou buscar o pano... Vou andando pelo corredor e penso que precisava trocar a moldura deste quadro... Estou indo, quando tento me lembrar o que é que eu estava indo fazer... Ah! Os óculos... Depois! Primeiro o pano. Pego... Vou em direção às flores, mas vejo a lixeira cheia...

Final do dia: o carro continua sujo, as contas não foram pagas, o refrigerante continua lá, quentinho, as flores foram aguadas pela metade, só tenho uma folha de cheque e não sei onde estão as chaves do carro! Quando tento entender porque nada foi feito hoje, fico atônito, pois sei que estive ocupado o dia inteiro!!! Percebo que isto é uma coisa seriíssima e que irei em busca de auxílio, mas antes, acho que vou checar minha correspondência... ."

Ver TambémEditar