Abrir menu principal

Desciclopédia β

Desentrevistas:D. Maria, a Louca


Desentrevistas.gif

Este artigo é parte do Desentrevistas, a sua coleção de fofocas informações sobre as pessoas famosas.

É sempre um prazer falar com meus súditos de Portugal, Além Mar e inclusive do Paraguai do Leste

Aqui em Lisboa, tudo vai como dantes no quartel de Abrantes. O modo como conseguimos falar com a rainha morta é nimiamente esotérico e não interessa. O que importa é que ela veio cercada por diversos anjinhos, em sua camisa de força celestial. Que cena bizarra!!!

Nosotros temos um prazer imenso em falar com vocêEditar

Quem é esse Você?

Em falar contigo, MajestadeEditar

O prazer é todo meu. O céu é muito tedioso, sabes? Lá não se entende uma boa chalaça, todos são muito inocentes.

Vamos falar de atualidadesEditar

Sem actualidades. Uma rainha velha morta há quase duzentos anos não anda muito actual.

Vamos falar de coisas velhasEditar

Sim, estas eu conheço mais. Vamos falar da minha época.

O problema é que os leitores não conhecem sua época, Majestade. Os Descíclopes são extremamente ignorantesEditar

Os leitores da Desciclopédia são todos meus súditos, seja em Portugal, Algarves, África ou aquele paizinho a leste da Bolívia no Além mar.

Vamos falar do escândalo envolvendo o ministro-chefe, o Marquês de PombalEditar

Ah, sim, o primeiro ministro do meu pai, el-rei D. José I que eu exonerei por corrupção activa

Afinal, qual era o esquema?Editar

O Marquês de Pombal fazia os esquemas para el-rei. O Marquês dava propina mensal para os nobres aprovarem as medidas do rei na corte.

Então Sua Majestade sabia de tudoEditar

Tudinho. Pombal não fazia nada sem que o rei não soubesse ou não aprovasse.

Porém para a História passou como se o rei não soubesse de nadaEditar

Opá! Gajo, entendes tu que nunca um ministro apronta sem que o rei não saiba nem aprove tudo??? O rei sempre sabe. Todo mundo sabe que o rei sempre sabe. Não sei como os brasileiros tem dúvida alguma de que el-rei sabia de todo o esquema montado de corrupção pelo seu ministro mais poderoso. Não sei como os brasileiros ainda acham que o rei não sabia de nada. Depois nós portugueses é que somos burros!

São revelações profundas!Editar

Ai, Jisus, não tem nada de novo que estou a revelar, todo mundo sabia! Já disse e repito, o rei sempre está a saber do que o ministro está a aprontar.

Vamos falar de Portugal modernoEditar

Não vou falar.

Por quê?Editar

Porque não quero e pronto. Eu fui a rainha e eu mando, tu estás a entender?

Vamos falar do Brasil moderno, entãoEditar

Eu acho que se fosse para virar o que virou, não deveria ter ficado independente. Entenda, Portugal teve de aguentar uma rainha louca. Mas era obrigado a aguentar. Eu era a filha única do rei, eu não fui eleita, além de ter sangue azul, uma Bragança legítima. Pelo menos, era louca, não analfabeta.

Não entendemos a indireta...Editar

Uma coisa é ter que agüentar uma rainha nobre e louca, outra coisa é eleger um plebeu ignorante e cachaceiro. Depois os portugueses é que são burros...

Vossa Majestade é realmente muito politizadaEditar

Ora... sou louca, não sou burra...

Por que Vossa Majestade ficou louca???Editar

Ah, que pergunta brilhante, tu nasceste no Brasil?! Porque eu quis! Tu não sabes que existe um botão em que apertamos e ficamos loucos quando queremos?

E a Inconfidência Mineira? A repressão foi severaEditar

Ah, e tu querias que eu fizesse o quê, seu marialva? Deixar passar? Para quê? Para que nossa império colonial tão bem administrado se fragmentasse em vários paizinhos de merda?

O sistema colonial português não era dos melhoresEditar

Como não? Ah, gajo, tu deverias parar de ler estes livros de História cheios de gramscianismo. Penses, o pá, como um paizico de alfacinha como Portugal conseguiria dominar um paizão como essa Terra dos Papagaios? E sem um cará no bolso. Eu te digo, Portugal não tinha um cruzado no Bolso, e até que dominamos muito bem em nosso Império Colonial.

Uma portuguesa da gema, com certezaEditar

E rainha!

E como foi a viagem para o Brasil? Muito cansativa de barco???Editar

Como barco? Eu fui de avião! E da Vasp!!! Serviço de primeira...

... (suspiro) Velha louca...Editar

O QUÊ?

AAh, nadica... E como foi sua estadia no Brasil?Editar

Ruim. Muito calor. E tinha os leões...

Majestade tem certeza? No Brasil não tem leões. Só onças, jaguatiricas, sussuaranas...Editar

Se eu digo que tem leões, ora pois, tem leões! Tu contestas a rainha???

E os abusos do clero? A História narra que Vossa Majestade arruinou o reino dando muito poder para a IgrejaEditar

Ah! Numa época da Igreja Universal, deverias ser mais devagar para criticar o passado!!! Arruinei o reino? Pá! Que arruinei o reino, chuta! Veja, se eu fui uma rainha tão má, porque estou agora no céu depois de morta? Eu estava era a pensare a longo prazo para me acertar depois que morresse... Este é o problema com vós, plebeus, nunca entendeis o que os reis estão a fazer, depois ficais aí a falare mal...

Majestade, sua lucidez é impressionanteEditar

A morte faz muito bem para entendermos melhor a vida. Tiradentes que o diga, ahahahahahahah!!! Por que país que ele morreu! Ahaahhaahahhaha, bando de marialvas!

Últimas palavras para seus súditosEditar

Hum... Hum... me esqueçam!

Texto a negrito' dona era louca ou não? esta ai a pergunta que não quer se calar!!!


eu acho que sim------

ela diferente tratava todos como lixo todos da corte não gostavam dela no impé[email protected]@[http:// www.d.maria1.com