Abrir menu principal

Desciclopédia β

Comida (canção)

Este artigo é sobre um HIT!

É uma música chata, repetitiva e seu vizinho adora. SOLTE O SOM!

Music madonna.jpg
Comida titas.jpg

Cquote1.svg Me identifiquei com a música Cquote2.svg
Garoto que não quer comer os brócolis sobre a música

Cquote1.svg Eu também Cquote2.svg
Outro garoto que não queria comer o alface

Comida é um single da banda tropicalista punk brasileira semi-europeia Titãs, presente no álbum da mesma banda Jesus não tem dentes no país do banguelas, a música fez muito sucesso na época, como? É porque fala sobre protesto é por isso.

Índice

HistoriaEditar

Estavam todos os membros da banda em um hotel no Rio de Janeiro, (sim tiveram que alugar o hotel todo) Arnaldo Antunes foi para praia e viu uma discussão e tudo era por um senhor de idade que havia comido e não pagado ele insistia em dizer, que não queria só comida e ainda mais ruim daquele jeito (e estava ruim mesmo) então ele voltou para o hotel e finalizou a música. Que pôr azar do destino virou um sucesso.

LetraEditar

Bebida é água!
Comida é pasto!
Você tem sede de quê?
Você tem fome de quê?

A gente não quer só comida
A gente quer comida
Diversão e arte
A gente não quer só comida
A gente quer saída
Para qualquer parte

A gente não quer só comida
A gente quer bebida
Diversão, balé
A gente não quer só comida
A gente quer a vida
Como a vida quer

Bebida é água!
Comida é pasto!
Você tem sede de quê?
Você tem fome de quê?

A gente não quer só comer
A gente quer comer
E quer fazer amor
A gente não quer só comer
A gente quer prazer
Pra aliviar a dor

A gente não quer
Só dinheiro
A gente quer dinheiro
E felicidade
A gente não quer
Só dinheiro
A gente quer inteiro
E não pela metade

Bebida é água!
Comida é pasto!
Você tem sede de quê?
Você tem fome de quê?

A gente não quer só comida
A gente quer comida
Diversão e arte
A gente não quer só comida
A gente quer saída
Para qualquer parte

Diversão e arte
Para qualquer parte
Diversão, balé
Como a vida quer
Desejo, necessidade, vontade
Necessidade, desejo, eh!
Necessidade, vontade, eh!
Necessidade

Como se pode interpretar a músicaEditar

 
Alguém que realmente não quer comida.

Há varias formas de se interpretar essa bela canção, a intenção original você leu na secção passada (pelo menos espero...), mas o ser humano tem todo o direito de entender como ele quiser.

  • Para crianças:Fazer uma revolução reivindicando os direitos trabalhistas dos integrantes da VASP[1] e seus subordinados, dizendo querer outras coisas além de comida e água que quem vive disso é vaca e bode.
  • Os tarados praticadores de botanofilia: Há trechos claramente dizendo que não se pode comer apenas mato, tem que haver variedade, também indicando que os praticantes dessa péssima arte[2] quer em além de tudo comer outras coisas além daquilo proposto.
  • Revoltados da época:Na década em que foi lançada a música a ditadura[3] era pesada e concentrada e essa música liberou umas falsas esperanças na população, no fim das contas só foi mais uma mesmo e vai se ferrar.
  • Desculpa dos políticos:Eles usaram a música como desculpa para roubar alegando, que não querem só comida, mas também dinheiro roubado e ser protegido pela Rede Globo, e usam essa desculpa até hoje.

Vídeo ClipeEditar

Há relatos do uso de muitas drogas para ser feito este vídeo clipe, mas Arnaldo nega tudo alegando ter usado só o permitido.

ReferenciasEditar

  1. Vagabundos Anonimos Sustentados Pelos Pais
  2. Se você não sabe o que é Botanofilia, leia nosso artigo confiável sobre o assunto
  3. Ou dita mole, como preferir

Ver tambémEditar