Abrir menu principal

Desciclopédia β

Civil War

Este artigo é sobre um HIT!

É uma música chata, repetitiva e seu vizinho adora. SOLTE O SOM!

Music madonna.jpg

Cquote1.svg Odeio essa musica Cquote2.svg
George W. Bush sobre a musica Civil War do Guns N' Roses
Cquote1.svg Escuto só porque Slash ajudou a fazer a musica Cquote2.svg
Barack Obama sobre a musica Civil War do Guns N' Roses
Cquote1.svg Quando escuto essa musica, eu choro Cquote2.svg
Steven Adler sobre a musica Civil War do Guns N' Roses
Cquote1.svg And history hides the lies of our civil warrrrrrrrrrrrrr (som de respiração*) rrrrrrrrrrs yeah! Cquote2.svg
Axl Rose sobre seu ensaio para tentar retornar a cantar essa musica.

Civil War era ou é uma música da banda Guys N' Roses. É considerada uma das piores melhores músicas da banda, o que menos mais chama a atenção na música é... é... a sei lá porque não sei o que chama a atenção. A música fez parte do álbum Use Your Desillusion II. Foi a ultima música grava pelo Steven Adler, que antes de gravar a música foi servir o exército para ganhar uma inspiração, Segundo ele:

Cquote1.svg Quando toco essa musica: eu choro, me da um desespero emocional, não consigo me soltar, então antes de gravar essa música para o Use Your Desillusion eu quis servir o exército para virar homem tentar ver se tenho uma capacidade emocional inteligente diante da minha bateria Cquote2.svg
Steven Adler sobre a gravação da musica Civil War em 1991]]

Índice

Gravação da música e a demissão de StevenEditar

Duas semanas depois Steven Adler foi servir o exército, e depois de um tempo chegava a hora da gravação da música (era 15:00 a gravação era 15:5). Axl Rose estava ficando puto pois eles queriam fazer um aquecimento para começar a gravação da música. Axl Rose perdia a paciência a cada minuto que passava, então Axl recebeu uma ligação de Steven dizendo de que ele estava chegando mas estava sem dinheiro e no Aeroporto (que ficava a 5 km do local). Axl pegou o telefone e jogou na parede e disse para Slash ir buscar Steven Adler no aeroporto. Slash a pedido de Axl, foi buscar Steven no Aeroporto. Depois de pegar Steven no aerocarroça, Slash percebeu que o mesmo (Steven) estava chapado:

  Quando olhei para os lindos olhos de Steven ele me deu um beijo eu percebi que ele estava chapado, também me ofereceu a bunda um baseado, eu fumei e queimei o cabelo aceitei mas não fumei porque estava atrasado e com medo de que Axl poderia me comer me demeti-se.  
SLASH sobre Entrevista ao jornal
Voltando para o Estúdio da GAFFENEN "Grande Aterro Farmacêutico Federal em Ecologia e Nutrição para EX Neurológicos" (uma empresa para gravação e roubação de dinheiro de discos de bandas). Axl Rose quase matou Steven ao ver o mesmo na quele estado, Steven repetiu a música umas 2 mil vezes para a música Civil War ficar perfeita ela ainda não é . Ainda por cima Steven oferecia um baseado à turma umas 20 vezes a cada minuto. Depois da gravação Axl demitiu Steven:   Eu o demiti porque ele me pediu a bunda estava muito fucker chapado e não tinha fucker condições para contiuar tocando fucker punheta bateria, e o mesmo estava fora de controle  
Axl Rose sobre Entrevista ao fucker jornal.
Steven até hoje chora quando ouve essa música. Slash disse que ele foi no puteiro ao invés de ir para o exército.

Por que Civil War? Como foi escrita?Editar

Civil War é uma fucker música que fala sobre as guerras, foi escrita por Axl Rose e companhia. também escritas com experiências de Duff McKagan, que marchou e lutou nas guerras:

Guerra dos dinossauros
Guerra dos Caverneiros
Guerra dos Deuses
Guerra dos Mares
Guerra dos Baixos
Guerra dos tornados
Guerra dos Funkeiros
Guerra dos Cabeludos
Guerra dos 100 anos
Guerra de Roma
Guerra dos barbaros
Guerra dos limões
Guerra dos Guitarristas (ajudou Slash)
Guerra dos jogadores de Age of Empire
Guerra dos metaleiros
Guerra dos roqueiros
Guerra dos jogadores de guerras
guerra dos jogadores de Final Fantasy com os de zelda
Guerra civil (Revolução Francesa)
1ª Guerra Mundial
2ª Guerra mundial
Guerra Fria (onde mais se machucou)
Guerra do Vietã

Para escrever essa música, Axl e Duff utilizaram os conhecimentos sobrenaturais dos elefantes. funcionava assim:   O segredo é simples, eu e Duff utilizemos as inteligencia dos elefantes para escrever a musica Civil War, era assim: Nós escreviamos uma palavra na frente do elefante, se o elefante berrace ele queria dizer que não combinava, se o elefante não berrace ele queria dizer que a palavra servia para continuar na formação da musica  
Axl Rose sobre O segredo do suscesso e composição da musica CIVIL WAR.
Niguêm nunca imaginou desse segrego, mas Axl se arrependeu depois de um tempo de contar esse segredo.

O significado de Civil WarEditar

Ninguém ainda descobriu o verdadeiro significado de Civil War, muitos dizem que alienígenas possuíram Axl Rose e fizeram o corpo do mesmo escrever Civil War em um papel, outros dizem que Axl escreveu por acaso no papel. Em uma recente entrevista, Axl revelou o significado de Civil War:

  Axl Rose  

A letra da músicaEditar

"What we've got here is failure to communicate
Some men you just can't reach
So you get what we had here last week
Which is the way he wants it, well, he gets it
I don't like it any more than you men"

Look at your young men fighting
Look at your women crying
Look at your young men dying
The way they've always done before

Look at the hate we're breeding
Look at the fear we're feeding
Look at the lives we're leading
The way we've always done before

My hands are tied
The billions shift from side to side
And the wars go on with brainwashed pride
For the love of God and our human rights

And all these things are swept aside
By bloody hands time can't deny
And are washed away by your genocide
And history hides the lies of our civil wars

Did you wear a black armband
When they shot the man
Who said, peace could last forever
And in my first memories
They shot Kennedy
I went numb when I learned to see

So I never fell for Vietnam
We got the wall of D.C. to remind us all
That you can't trust freedom
When it's not in your hands
When everybody's fighting
For their promised land

And I don't need your civil war
It feeds the rich while it buries the poor
You're power hungry selling soldiers
In a human grocery store, ain't that fresh
I don't need your civil war

Look at the shoes you're filling
Look at the blood we're spilling
Look at the world we're killing
The way we've always done before

Look in the doubt we've wallowed
Look at the leaders we've followed
Look at the lies we've swallowed
And I don't want to hear no more

My hands are tied
For all I've seen has changed my mind
But still the wars go on as the years go by
With no love of God or human rights

Cause all these dreams are swept aside
By bloody hands of the hypnotized
Who carry the cross of homicide
And history bears the scars of our civil wars

"We practice selective annihilation
Of mayors and government officials
For example to create a vacuum then we fill that vacuum
As popular war advances, peace is closer"

I don't need your civil war
It feeds the rich while it buries the poor
You're power hungry selling soldiers
In a human grocery store, ain't that fresh
And I don't need your civil war

I don't need your civil war
I don't need your civil war
You're power hungry selling soldiers
In a human grocery store, ain't that fresh
I don't need your civil war
I don't need one more war

I don't need one more war
Whaz so civil bout war anyway
}}

== Tradução ==
{{Compactar|

'O que temos aqui é falha para comunicar. Alguns homens você simplesmente não pode confiar Então você tem o que tivemos aqui semana passada Que é a maneira como ele quer, bem, ele consegue E eu não gosto disso tanto quanto vocês homens.'

Veja seu jovem lutando Veja sua mulher chorando Veja seu jovem morrendo Da maneira que sempre foi antes

Veja o ódio que estamos criando Veja o medo que estamos alimentando Veja as vidas que estamos perdendo Da maneira que sempre foi antes

Minhas mãos estão presas Os bilhões passam de um lado para outro E a guerra continua com orgulho de mentes lavadas Pelo amor de Deus e por nossos direitos humanos

E todas essas coisas são deixadas de lado Por mãos sangrentas que o tempo não perdoará E que são lavadas pelo seu genocídio E a história esconde as mentiras de nossas guerras civis

Vocês vestiram uma braçadeira preta Quando atiraram no homem que disse 'A paz pode ser eterna' E nas minhas primeiras memórias Eles atiraram em Kennedy Eu fiquei anestesiado quando aprendi a ver

Então eu nunca senti pelo Vietnã Temos as paredes de Washington para nos lembrar Que você não pode acreditar na liberdade Quando não está em suas mãos Quando todo mundo está lutando Por sua terra prometida

E eu não preciso de sua guerra civil Ela alimenta os ricos enquanto enterra os pobres Sua fome de poder vendendo soldados Em um armazém humano, não é uma graça? Eu não preciso de sua guerra civil

Olhe os sapatos que você calça Veja o sangue que fazemos jorrar Veja o mundo que estamos matando Da maneira que sempre foi antes

Veja a dúvida que temos engolido Veja os líderes que temos seguido Veja as mentiras que temos engolido E eu não quero mais ouvir

Minhas mãos estão atadas Por tudo que vi mudei meus pensamentos Mas a guerra continua à medida que os anos passam Sem amor à Deus ou direitos humanos

Porque todos estes sonhos são deixados de lado Por mãos sangrentas dos hipnotizados Que carregam a cruz do homicídio E a história carrega as cicatrizes de nossas guerras civis

"Nós fazemos aniquilação seletiva de prefeitos e oficiais de governo por exemplo, para criar um vazio depois preenchemos o vazio enquanto a guerra popular avança, a paz está próxima"

Eu não preciso da sua guerra civil Ela alimenta os ricos enquanto enterra os pobres Sua fome de poder vendendo soldados Numa loja de conveniências humana, isso não está fresco E eu não preciso de sua guerra civil

Eu não preciso de sua guerra civil Eu não preciso de sua guerra civil Sua fome de poder vendendo soldados Em um armazém humano, não é uma graça? Eu não preciso de sua guerra civil Eu não preciso de mais uma guerra

Eu não preciso de mais uma guerra O que há de civil em uma guerra de qualquer maneira </poem>