Abrir menu principal

Desciclopédia β

Francia d.JPG ALLONS EN₣ANTS DE LA PUTARIE!!

Este artigo è ₣rancês! Ele não toma banho, come camembert e faz biquinho. O autor já mendigou na Avenue Champs-Elysèes e é xenofóbico.

Cuidado! A qualquer momento um alemão pode invadi-lo!

Citroën faliu!
Cows1.jpg Nem o Bill Gates quita suas dívidas!

Veja outros que ficaram no vermelho.

Os carros da Citroën são conhecidos pela resistência e alto valor de revenda. Faz parte do slogan Créative technologie...

Cquote1.png Você quis dizer: Citröen? Cquote2.png
Google sobre não acreditar que exista alguém que escreva certo o nome da Citroën.
Cquote1.png Eles tem carros com acentos que vibram, você sabe... Cquote2.png
Oscar Wilde sobre carros robóticos da Citroën.
Cquote1.png Nunca vi, nem comi, eu só ouço falar... Cquote2.png
Pobre sobre Citroën.
Cquote1.png Citroën? Coisa de rico. Volkswagen? Coisa de pobre. Cquote2.png
Dilma Rousseff sobre Citroën.

Citroën é uma empresa francesa que faz lixo aparelhos de transporte facilmente confundidos com carros. De início, eles faziam apenas veículos normais (ou não), mas desde que a popularização do parkour, eles seguiram a onda e inventaram um carro que pode se transformar num robô e subir de um prédio a outro (provavelmente inspirado em Transformers). Dessa forma, superaram a francesa Renault e sua parceira japonesa Nissan como a montadora que mais joga dinheiro fora aposta em projetos futuristas. Os carros normais, por outro lado, têm desenhos tão estranhos que nem parece que custam o que custam.

Índice

Dona e parceriasEditar

 
Citroen para patricinhas.

A Citroën pertence a PSA, que também é dona da Peugeot. Na verdade, durante a década de 1970, a Citroën tava falindo, graças a audácia de investir de modo filha da puta ousado demais para seus podres limitados recursos, como qualquer típico brasileiro, enquanto a Peugeot bombava. Com muito dó de sua BFF, a Peugeot decidiu comprar a empresa francesa.

A Citroën também tem parcerias com a Fiat, para fazer vans, e a Mitsubishi, para fazer utilitários esportivos e televisões.

Tipos de carros robóticosEditar

C4 urbanoEditar

 
Um dos carros que se pode parcelar em 30 vezes de por R$ 3500 reais.

Tudo começou com ele, o Citroën C4 urbano, cujas funções principais eram o movimento de nível superior (ou seja, do capô do carro para consertar o motor) e puxar acrobacias menores, como deslocamento de escapamento, fazendo com que a função quebrar instantaneamente seja ativada. A parte traseira do vidro na verdade é torta porque era para abrir igual às naves espaciais dos filmes de 1900 e guaraná de rolha, mas decidiram não fazer isso pois poderia acontecer de algum cagão pobre querer se exibir, abrindo e fechando a janela o tempo inteiro até quebrar o carro, e culpar a empresa pela "falta de qualidade" do material, fazendo com que a Citroën tenha que bancar uma nova mini-porta de nave espacial em vidro para o carro.

C4 PallasEditar

Em seguida, veio a série C4 Pallas. No projeto, eles poderiam fazer mais acrobacias, como andar de skate, pular, do a barrel roll e comandos básicos para obedecer seu mestre, com destaque para o comando Super Nanny, que faz com que as crianças do banco de trás calem a boca e não façam você assistir Galinha Pintadinha no DVD do carro. Em contrapartida, devido a problemas técnicos, ele não suporta suas próprias novas habilidades, então se o carro não for para a assistência técnica da concessionária logo que comprado já vai ser muito. Eles não fazem muito estardalhaço no mercado, nem em lugar nenhum, contudo, fontes seguras afirmam que a Citroën chegou a vender um C4 Pallas com funções de transformer.

#CitroënfactsEditar

 
Promoção válida em todas as concessionárias.
  • O super esportivo "Charuto da Citroën" é o C4 VTR, carro derivado dos primeiros 2CV que foi montado com peças que foram sobrando de outras lenhas da linha de montagem. Os vidros são uma delas: foram divididos em pedaços para economizar na lataria, que era de material reciclável de baixa qualidade. Podemos ver alguns raros exemplares dos VTR rodando pelas ruas em cima de guinchos e estacionados nos ferros velhos.
  • Citroën é realmente uma empresa que desafia a realidade: os fundadores da Citroën descobriram aparelhos antigos e um ferro velho que estava abandonado. Logo, pegaram carcaças de carros, colocaram numa forma e jogaram fermento. O carro assou e PIMBA! Surgiu o Citroën Xsara Picasso. Logo, espertamente, apelidaram um pintor de rodapé da área de "Picasso" e hoje todos pensam (ou não) que esse carro é ligado ao Picasso real.
  • Carros Citroën podem seguir andando se uma roda for removida. Teste isso em seu carro e fale conosco se deu certo.
  • Assim como outros carros franceses, ele ainda pode ser pilotado se a extremidade traseira ficar cortada. Franceses são acostumados a terem a parte traseira comida por motivos adversos.
  • Seu Citroën sabe o que você está fazendo. Ele está te observando...