Abrir menu principal

Desciclopédia β

Brilho

Nota: Para outros significados de brilhante... clique nesse link aí mesmo.

Esta página se adequa à Nova Política de Conteúdo Sexual.
Conteúdo impróprio para menores de 18 anos! Tirem as crianças da sala! Este artigo tem conteúdo impróprio para menores!
Este artigo pode conter pornografia pesada ou leve. De preferência, leia-o de olhos fechados...

Se ele estiver cometendo uma infração à Política de Conteúdo Sexual, por favor, reporte à moderação.


Somondas.jpg Este artigo é relacionado à física.

Cquote1.png Aqui, gatinho, gatinho... Cquote2.png
Schrödinger sobre seu gato


Cquote1.png Brilha mais do que qualquer cabelo. Cquote2.png
Careca sobre brilho.

Brilho é uma características dos corpos que não são foscos. Não venha me dizer que a dedução é idiota de tão óbvia, mas ela carece de uma definição melhor, então respire fundo e continue a ler, para deixar de ser burro mal informado. Não se preocupe, essa página não dirá que corpos que brilham são abichalhados, muito menos te mandar indireta tampouco direta, nada disso: O artigo auxiliará apenas e tão somente ao melhor entendimento do tema... Mesmo que a página fique fosca... Mas essas piadas não podem ficar sempre se repetindo indefinidamente, ainda que apenas de pensar em BRILHO seja algo muito propício a piadinhas assim.

RefletindoEditar

 
Olhe com moderação.

O que acontece com o brilho é muito simples, ele tem a capacidade de poder aparecer em corpos opacos, translúcidos ou transparentes em todos. MESMO OPACOS??? Sim claro, sem dúvida. Opacos mesmo não deixando passar a luz, não significa que não a reflitam, sim a refletem, bastando que estejam bem lustrados, mas não vá querer lustrar a pele de ninguém com lixa dando a desculpa de que quer que a vítima brilhe: Para a pele brilhar basta que seja uma bicha vampira tenha uma certa oleosidade(oleosidade e não sebo), isso acontece facilmente no rosto e nas canetas canelas, e esqueça a bicha vampira, eram os pelos dela que brilhavam além do normal, e não as canelas.

 
A luz bate em todas as bolas que ficam expostas.

É claro que a autora nunca explicou porque os pelos da bicha brilhavam, embora pudesse haver algumas explicações criativas, mas não podemos exigir demais como expectadores acostumados com qualquer tosquice que somos, ganhando algumas exceções brilhantes de verdade às vezes.

O brilho reflete luz diferente de deixar passar, bloquear ou deixar passar parcialmente, ele reflete a luz, agora nem precisa pensar muito pra saber que brilho depende da luz pra aparecer, certo? ERRADO pelo simples fato de existir seres e outra aberrações que brilham no escuro. Porque eles brilham no escuro se não há luz para ser refletida? Precisa pensar menos ainda para saber disso: Eles têm luz própria, outra brilhante dedução :DDDDD Voltando ao normal, seres com luz própria são necessários para que haja luz, mas tendo luz própria, esses seres também tem brilho próprio, e não faça essa cara de mongo pensando novamente que a dedução é óbvia. UQnado a luz bate em qualquer corpo ela é refletida a não ser que o corpo seja fosco, mas assim mesmo, contra sua vontade e não refletindo a luz, ela revela o objeto, ser ou coisa qualquer ao lançar luz sobre.

Luz e brilhoEditar

 
Sempre pode-se encontrar um ser que dê a luz.
 
Quem mandou ter brilho na bunda?

Pra ver seres com luz própria e portanto brilho próprio, não vá olhar pro sol, a não ser que queira ficar cegueta, há lugares melhores para se ver seres com luz própria e brilhando, uma vez que eles se encontram num lugar tão escuro que eles precisaraim ter luz como o sol mesmo para que pudessem clarear o lugar, mas eles tem luz suficiente para um certo raio, em compensação não há nada que brilhe mais que eles nesse ambientes, embora eles adorem quando uma pirainha rabuda de escamas que reflitam bem a luz deles por perto, mas isso é outra história.

 
Quem mandou ter brilho na bunda?

É claro, onde mais, meu fio? Acha que seria o Bosque Encantado? Nas águas abissais claro e bem claro, sem esses seres essas águas seriam insuportavelmente escuras, um breu total, e eles clareiam as coisas para os demais seres que aí vivem e ainda brilham le-gal. Você, se aventurando em águas abissais, não precisa mais olhar para as lâmpadas para ver seres com luz própria, sabendo-se ainda que as lâmpadas são artificiais, então sequer contam como seres com luz própria.

...mas se não puder ir nas águas abissais, nem mandar um de seus singelos peixinhos de aquário até lá para voltar e contar a você como são os seres que brilham por si mesmos(já disse pra não associar com veadagem), então, em terra firme mesmo você poderá ver um vagalume. Eles não são assim tão difíceis de ser ver, em geral no verão, pode-se notar pequenas luzinhas para lá e para cá, em geral verdes, são os vagalumes procurando putinhas da bunda mais brilhante que a deles para se acasalar, nada mais. É a forma de você ver um ser com brilho próprio. Há também os florescentes, mas agora meu saco perdeu o brilho pra falar dos fluorescentes.

Ver também, se não ofuscar sua vistaEditar

  • Vagalume, brilho dorsal, mas nenhuma veadagem.