Abrir menu principal

Desciclopédia β

Aves de Rapina

Chuck Norris.jpg Este artigo é um(a) super-herói(na).

O texto a seguir é sobre alguém que voa, tem poderes, salva donzelas e prende bandidos. Se vandalizar este artigo, eles te levarão à Justiça.

Para conhecer mais desses seres incríveis, clique aqui.

Cquote1.png Você quis dizer: As Panteras da DC Cquote2.png
Google sobre Aves de Rapina
Cquote1.png Experimente também: As Meninas Superpoderosas Cquote2.png
Sugestão do Google para Aves de Rapina

Uma é pouco, duas é bom... Três é demais!

Aves de Rapina é um grupo espertamente criado pela DC Comics para atrair tanto o público masculino quanto o feminino. Como é uma equipe formada apenas por heroínas, as mulheres se sentem representadas pelo feminismo de seus quadrinhos, enquanto os homens gostam delas por serem umas gostosas mesmo.

CriaçãoEditar

A ideia partiu de Barbara Gordon após ser baleada pelo Coringa em A Piada Mortal. Sabendo que agora não poderia mais transar com o Batman, o único motivo pelo qual ele a aturava como Batgirl, a filha do Comissário Gordon passou a estudar as possibilidades de continuar atuando entre os super-heróis mesmo estando inválida da cintura para baixo.

Sendo ruiva e, portanto, naturalmente inteligente, Barbara colocou anúncio no jornal passando-se por professora particular de sidekicks a fim de atrair alguém que fosse burro o bastante de cair naquela lorota, e assim atraiu Canário Negro, que estava morrendo de amores pelo Arqueiro Verde e não via a hora de desbancar Ricardita como sua parceira.

Com o tempo, ambas tornaram-se namoradas grandes amigas e passaram a trabalhar juntas sob o codinome Aves de Rapina, onde Canário Negro cuidava da parte física e Barbara (agora chamada de Oráculo) cuidava da parte intelectual dos casos criminais.

Formação clássicaEditar

Caçadora
  Helena Bertinelli foi a última a entrar e a primeira a sair. Quando criança, ela viu seus pais serem assassinados por mafiosos e desde então foi treinada por seu primo assassino até virar a Caçadora, que matava qualquer criminoso até entrar para as Aves de Rapina. Antes disso, ela chegou a integrar a Liga da Justiça, mas foi expulsa porque se recusou a dar para o Batman. Atualmente, é a professora gostosa de uma escola em Metrópolis.
Canário Negro
  Dinah Lance, ao contrário da Caçadora, tem um currículo de ouro. Filha da Canário Negro original que integrava a Sociedade da Justiça e treinada pelo Pantera, ela é perita em artes marciais e a pessoa em quem Oráculo mais confia. Além das Aves de Rapina, também faz parte da Liga da Justiça e da Sociedade da Justiça, provando que apesar de loira ela consegue ser mais esperta que você.
Oráculo
  Barbara Gordon é quem financia a bagaça toda. Qualquer novo membro precisa passar pela aprovação dela. No passado, ela foi a Batgirl, até ser violentada em todos os sentidos da palavra pelo Coringa e ficar tetraplégica. Desde então, ela tornou-se uma hacker que desvia dinheiro da conta dos vilões de volta para o banco (tá, vamos fingir que seria possível) e é o cérebro das Aves de Rapina, além de quebrar o galho na Liga da Justiça de vez em quando.

Outras colaboradorasEditar

v d e h
Bem-vindo à DCclopédia!