Abrir menu principal

Desciclopédia β

Agamidae

Agamas
Um agama claramente passando mal, dado sua coloração de quem está com prisão de ventre
Um agama claramente passando mal, dado sua coloração de quem está com prisão de ventre
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Acordados
Superclasse: Quadrúpedes
Classe: Dinossauros
Ordem: Acamados
Subordem: Lagartos
Família: Agomademascar

Agamidae são criaturas que possuem o nome mais do incrível do que realmente são, já que são apelidados de dragões, quando na verdade os biólogos só estavam sem ideia sobre que nome dar a estas lagartixas que vivem na floresta então decidiram ser irônicos ao nomeá-los de dragões.

AnatomiaEditar

Estes pequenos e diversificados lagartos são similares a qualquer lagartixa de parede, com a única diferença que habitam as florestas da Ásia e Austrália. São dotados de pernas fortes que os tornam velozes corredores de maneira que possam escapar da aproximação de animais de outras espécies. São multicoloridos e sua pele é composta de fibras de carbono enrijecido as quais são muito predados para que seu couro seja convertido na fabricação de lixas.

Outros detalhes exclusivos dessa família é a sua incapacidade de não conseguirem regenerar seus rabos, porque eles são uma evolução superior de lagartos, cujas caudas diferentes dos outros lagartos que tem sabor de frango, as caudas dos agames tem sabor de tutti-frutti. Todavia, são capazes de mudar a cor e sabor conforme as emoções e sentimentos, por isso não os irrite ou amedronte antes de comê-los.

ComportamentoEditar

O objetivo de vida destes lagartinhos é ser extraordinariamente sábio e inteligente, assim como inegavelmente forte e às vezes feroz com a capacidade de voar, porém indubitavelmente humildes de maneira que guardam todo seu poder para si além de bondosos que nunca revidam ataques alheios. Os agames foram perseguidos durante séculos pela humanidade que os temiam, que mataram mais de sua espécie para adquirir uma suposta riqueza em ouro que os agames escondem, o seu sangue sagrado que concede a imortalidade a quem se banhar nele.

GênerosEditar