Abrir menu principal

Desciclopédia β

Afraid to Shoot Strangers

Este artigo é sobre um HIT!

É uma música chata, repetitiva e seu vizinho adora. SOLTE O SOM!

Music madonna.jpg

Cquote1.svg Eu também tenho medo... Cquote2.svg
Regina Duarte sobre ter medo de atirar em estranhos
Cquote1.svg Prefiro ixlipequinote Cquote2.svg
criança poser sobre Iron Maiden

Deixa de ser mole! Tá com medo de atirar nos traficantes? Então pede pra sair, 024!!

Afraid to shoot strangers é uma música da banda britânica de Pagode Iron Maiden. Ela pertence ao álbum Fear of the Dark (medinho do escuro).

Índice

Sobre a faixaEditar

Ela é a faixa de número 3 no álbum Medinho do escuro, lançado em 1992, o ano em que Bruce Pinto-no-filho, para o bem de todos e felicidade geral da nação a tristeza dos metaleiros parou de gritar feito uma puta louca deixou o Iron Maiden para seguir carreira solo. Não sei o que foi pior, se foram seus discos durante sua carreira solo ou os discos do Ferro na Donzela com o Blaze Bayley cantando (cantando é só um modo de dizer, pois parece até que ele estava gravando as músicas enquanto tava tendo uma caganeira). Mesma coisa para o antecessor do Dickinson, um gordo punk chamado Paul Dianno, só que esse gritava menos. Essa música também serve como canção de ninar para o seu filho, se ele já estiver enjoado das músicas da Cuca e do Boi da cara preta.

ComposiçãoEditar

Como o próprio nome já diz, a música fala sobre algum soldado baitola, que foi para a guerra mas ficou com peninha dos inimigos e não quis atirar em ninguém. A música também fala, ao mesmo tempo, dos n00bs do Counter Strike, jogo que era moda na época do lançamento do disco, todo mundo jogava no MS-DOS, só que no caso desses noobs, às vezes nem era medo de atirar nos inimigos, mas tinham dificuldade para diferenciar quem era oponente e quem era amigo, já que os gráficos eram tão bons quanto os do Minecraft. Alguns membros da banda disseram, em entrevista, que Steve Harris (baixista, compositor, jogador de futebol[1] e líder da banda) tirou a inspiração para compor essa música do Counter Strike, jogo que ele jogava desde criancinha. Agora chega de falar de joguinhos e vamos ao que não interessa, que é a letra.

Letra da músicaEditar

Lying awake at night I wipe the sweat
from my brow
But it's not the fear 'cos
I'd rather go now

Trying to visualize the horrors that
will lay ahead
The desert sand mound a burial ground

When it comes to the time
Are we partners in crime?
When it comes to the time
We'll be ready to die

God let us go now and finish what's
to be done
Thy Kingdom Come
Thy shall be done... on earth

Trying to justify to ourselves the
reasons to go
Should we live and let live
Forget or forgive

But how can we let them go on this way?
The reign of terror corruption must end
And we know deep down there's
no other way
No trust, no reasoning, no more to say

Afraid to shoot strangers
Afraid to shoot strangers

TraduçãoEditar

 Traduzindo: Medinho de atirar em estranhos
Babel Fish sobre Afraid to Shoot Strangers

Deitado acordado à noite enxugo o suor
da minha testa
Mas não é o medo porque
eu preciso ir agora

Tentando visualizar os horrores que
virão lá na frente
O monte de areia do deserto, um cemitério[2]

Quando chegar a hora
seremos parceiros de crime?[3]
Quando chegar a hora
estaremos prontos para morrer.

Deus deixe-nos ir agora e terminar
o que tem de ser feito.
Venha o vosso reino
seja feita a vossa vontade... na terra.[4]

Tentando justificar à nós mesmos a
razão de ir.
Deveríamos viver e deixar vivo
Esqueça ou perdoe

Mas como podemos deixa-los ir por aquele caminho?
O reino do terror e corrupção deve ter fim
E nós sabemos que no fundo
não existe outro caminho
Sem credo, sem explicação, nada mais a dizer

(Solo de uns 5 minutos)

Com medo de atirar em estranhos
Com medo de atirar em estranhos[5]

ReferênciasEditar

  1. Sim, ele já jogou no West Ham, mas não passava de um perna de pau e por isso desistiu cedinho da carreira para se dedicar a música;
  2. Ele já começa a música dizendo que está com medinho de ir para a guerra, e que isso é muito forte pra ele. Afinal, isso é um homem ou um saco de batatas?
  3. Depois da guerra os soldados vão assaltar um banco?
  4. O cara está rezando para não ir pra guerra... que cara cagão!
  5. Depois de um solo de mais de meia hora, finalmente o refrão, onde o nosso soldado solta as frangas e sai gritando que está com medo de atirar nos inimigos. O ataque de frescuras não dura muito pois ele toma um tiro na cabeça e morre. Fim.

Música ao VivoEditar


Veja tambémEditar