Abrir menu principal

Desciclopédia β

Adis Abeba

(Redirecionado de Adis-Abeba)

Adis Abeba é a capital do Sacro-Império Transcendental Federativo do Reino da Etiópia, oculta no meio do país. O nome "Adis Abeba" vem do dialeto etíope e significa "Ameba com AIDS".

Índice

HistóriaEditar

 
  Oh! Doce caos urbano! Só ti Adis Abeba pode me oferecer tamanho ar poluído e desigualdade social!  
Poesia local

Fundada oficialmente em 1887 pela então esposa do imperador Bengalele Motumbo, o Grande, grande líder contra a opressão européia, fora o precursor dos filmes pornográficos inter-raciais.

No final do século XIX a cidade atravessou momentos de dificuldade quando foi invadida por uma manada de patos selvagens carnívoros adestrados de vikings. O Reino da Etiópia por pouco não se transformou num vasto quintal europeu.

Cidade chegou a ser invadida pelos paga-paus do Mussolini, que buscavam por ali a Arca da Aliança, os almofadinhas da Itália foram expulsos à força pelo general etíope Kid Bengala.

Com a independência da Etiópia, Adis Abeba vem a se tornar a capital daquele país e portanto, um imenso aglomerado de corrupção, desemprego, guerra civil e AIDS, todavia a cidade se orgulha do baixo índice de obesidade.

Foi escolhida para ser a sede da União Africana, um local que ninguém poderia encontrar.

EconomiaEditar

Cidade que nunca foi invadida por europeus ou americanos por que sua economia tosca não passa de criação de cabras e ovelhas, e plantio de café, flores. Sem petróleo, sem interesse dos gringos.

GeografiaEditar

 
Imagem encontrada num dos papéis higiênicos da cidade.

Adis Abeba está localizada num vale fértil cheio de flores. A flora é destacada por seus eucaliptos, e fauna predominante são de Pikachus e Psyducks selvagens e violentos, o que explica porque Adis Abeba é cercada por uma alta cerca eletrificada com arame farpado.

TransportesEditar

Adis Abeba é a única cidade no mundo que possui uma linha férrea para o Djibouti e Eritreia, conhecido como Trem do Inferno, só oferece passagens de ida.

Em seu transporte urbano destacam-se os típicos táxis azuis, que são em sua maioria Fuscas e Passats 73 com a tinta azul descascando, pneus carecas e motoristas com altíssima destreza capazes de fazer aquelas latas voarem a 150 Km/h até mesmo de lado para avançar sobre o caótico trânsito da cidade..

É também em Adis Abeba que está o único aeroporto da Etiópia, o Aeroporto Internacional do Bode, o único no mundo que tem a pista de decolagem e pouso feita de ossos de bode.

CuriosidadesEditar

  • Adis Abeba é a cidade com o menor número de obesos do mundo.