Abrir menu principal

Desciclopédia β

Ática

Cquote1.png THIS! IS! ÁTICAAAAAA!!! Cquote2.png
Leônidas sobre Ática

Cquote1.png Atenaaaa! Cquote2.png
Seiya de Pégaso sobre Ática

Ática é aquele pequeno pedaço de terra em formato de pênis (península) lá na Grécia, onde fica Atenas. Esta periferia também abrange meia dúzias de ilhas que ninguém se importa mesmo, e que eu esqueci os nomes mesmo.

HistóriaEditar

 
Um padre local recebendo um turista brasileiro.

Ática é aquela típica e pacífica região costeira do Mediterrâneo onde velhos barbudos podem se sentir em casa enquanto debatem o existencialismo e criacionismo. Esses velhos constumam andar nus pelas mais de 9000 praias locais.

A Ática é o berço da República da Helena, foi lá que toda aquela balela ensinada nos Cavaleiros do Zodíaco começou, com Deusa Atena, Poseidon, Shiryu de Dragão e Homero. Todos esses deuses e heróis vieram da Ática.

A Ática ficou muito famosa por sempre ser cenário das constantes tretas entre Athenas e Esparta, duas cidades-nações rivais, equivalentes à eterna luta de Master Chief e Pingu.

Foi também em Ática que Hércules procurou emprego durante a sua juventude, lá encontrou 12 trabalhos até conseguir se estabelecer financeiramente.

Recentemente, Ática está sendo apenas utilizada como grande depósito de lixo. Entre as montanhas de lixo funcionam órgãos públicos, puteiros, barzinhos, escolas e monumentos da Idade Antiga.

EconomiaEditar

Região que abriga mais de 700.00 funcionários públicos, ou seja, um antro de vagabundos que passam a vida lotando praias de dia e botecos de noite, enquanto pagam empregados sul-americanos analfabetos para trabalhar como semi-escravos, este que vão gastar toda a grana com prostituição.

Ática se destaca em todo Mediterrâneo devido ao refinado mercado sexual que conta com escravas sexuais exóticas que variam de marroquinas à libanesas, de todas as cores, idades e portes físicos.

Lugares a se visitar em ÁticaEditar